Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos Vitória inaugura Arena Fonte Nova com goleada em um Ba-Vi histórico

Vitória inaugura Arena Fonte Nova com goleada em um Ba-Vi histórico

atualizado 09/04/2013

Depois das apresentações de Ivete Sangalo, Cláudia Leitte e outras atrações, a Arena Fonte Nova recebeu seu primeiro Ba-Vi após a reconstrução como sede da Copa do Mundo da FIFA 2014 e da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013. No fim, a festa foi do Vitória, que goleou seu arquirrival Bahia por 5 a 1, marcando história no clássico. 

O meia Renato Cajá foi o autor do primeiro gol do estádio, marcando de pênalti, no finalzinho do primeiro tempo. Em vantagem, os comandados de Caio Júnior voltaram empolgados para o segundo tempo e precisaram de apenas cinco minutos para ampliar.

Após passe na ponta esquerda, o atacante argentino – e primo de Lionel Messi – Maxi Biancucchi estava marcado por dois tricolores, mas teve muita categoria e visão de jogo para arriscar e acertar um lindo chute por cobertura, superando Marcelo Lomba.

Pouco depois, a vantagem ficou ainda maior quando o volante Michel tabelou com Maxi, entrou na área chutou firme. Na comemoração, ele subiu as escadas na beira do gramado para comemorar com os torcedores rubro-negros.

Aos 21 minutos, o Bahia conseguiu  seu primeiro gol na Arena Fonte Nova, casa do futebol baiano. O lateral esquerdo Magal cruzou da linha de fundo e o experiente meia-atacante Zé Roberto apareceu entre os zagueiros para escorar para as redes.

A reação, no entanto, foi por água abaixo oito minutos depois. Vander entrou na área trocando passes com Marquinhos e fez o quarto sobre seu ex-time.A partir daí, os torcedores do Bahia começaram a deixar o estádio, irritados com a goleada e não viram o também argentino Damián Escudero aumentar o passeio leonino. O meio campista recebeu na pequena área e tocou para o gol vazio de Omar, que havia substituído Marcelo Loma minutos antes. Para comemorar, quase meio time do Vitória voltou a subir em direção aos seus totrcedores.

Apesar da goleada sofrida em casa, o Bahia se mantém na liderança do Grupo A com cinco pontos, já que os concorrentes perderam no último sábado. O técnico Jorginho, porém, acabou demitido. Já o Vitória consegue abrir vantagem para o Juazeirense chegando aos 12 pontos na ponta do grupo B e termina a quarta rodada 100%, empolgado pelo triunfo histórico em Salvador.

 

Ambiente
A rivalidade ficou de lado horas antes de o jogo entre Bahia e Vitória começar. No primeiro clássico disputado na recém-construída Arena Fonte Nova, neste domingo, torcedores dos dois times se confraternizaram harmoniosamente na frente do estádio.

 

A maior parte do público se concentrou em uma pizzaria do Dique do Tororó, no acesso ao estádio destinado à torcida do Vitória. A localização era rubro-negra, mas ali também havia vários torcedores uniformizados com camisas do Bahia. Não existiu troca de provocações.

Ao invés de gritar ou cantar antes do clássico, as torcidas preferiram tirar diversas fotografias do novo estádio. Quando enfim acessavam o estádio, que recebeu apresentações das estrelas Ivete Sangalo (torcedora do Vitória) e Cláudia Leitte (torcedora do Bahia, antes do Ba-Vi, o público externava alegria e curiosidade. “Dá-lhe Vitória! Seremos felizes aqui dentro!”, berrou um senhor que se dizia o primeiro rubro-negro a pisar na Arena Fonte Nova.

Passos adiante, os torcedores começavam a se familiarizar com o novo estádio. Um tricolor achou “tudo muito parecido” com o antigo. A modernidade, no entanto, estava ao alcance dos olhos de qualquer um – apesar de algumas falhas de acabamento, como falta de pintura e limpeza em áreas comuns. “Dá para ver o campo bem de perto”, constatou um rapaz, impressionado com a ausência de alambrado.

“É tudo muito novo para nós, para a imprensa e para os torcedores. É claro que podem acontecer algumas falhas, mas queremos minimizá-las, sempre trabalhando na correção. Contamos com a cooperação de todos para identificar e resolver os problemas”, afirmou residente Frank Alcântara, presidente da arena.

TAGS: