Carla Vilhena foi só a primeira; Globo trocará mais âncoras

    0
    546

    12/04/2013 – 06h42 atualizado 12/04/2013 as 08:51

    DE SÃO PAULO

    Tempos de HD (High Definition), tempos de mudanças de apresentadores. Aproveitando a nova tecnologia, a Globo vai remanejar alguns de seus principais âncoras nos próximos meses. Em outras palavras, trocar pessoal. Um dos rumores (não confirmados) que circula nos corredores da Globo diz que a saída de Carla Vilhena, colocada em férias compulsórias e que na volta vai ser repórter do “Fantástico”, tem a ver com o HD… Venham para a próxima notinha que eu explico melhor…

    LONGE DISSO

    O motivo não é em absoluto que, em HD, Carla ficasse mais ou menos feia. Acho que todos estão de acordo de o quanto ela é bonita, com ou sem maquiagem. É mais uma questão de, digamos, fotogenia causada por essa nova tecnologia. E o HD se expande na TV aberta.

    A SEGUIR…

    A Globo não quis fazer todas as trocas que pretende ao mesmo tempo. Já havia feito isso no ano passado, quando fez um verdadeiro troca-troca de apresentadores –inclusive a durante a chorosa saída de Fátima Bernardes do “Jornal Nacional”. A propósito, em termos de ibope nenhuma das trocas funcionou. O ibope dos telejornais “mexidos” ou caiu ou ficou na mesma… Por isso a ordem agora é fazer as mudanças pontualmente, aos poucos…

    SNIF, CHUIF…

    Por que a Globo não deixou Vilhena se despedir dos telespectadores? Em primeiro, porque a despedida de Fátima Bernardes no ano passado não pegou bem e soou piegas. Isso foi quase unânime na emissora. Em segundo, se a Globo permitisse a Vilhena se despedir, manteria o precedente e em breve você veria muitos outros âncoras chorosos se despedindo. O efeito “despedida” quase sempre passa a sensação de “vitimizar” quem está se despedindo. Como se estivesse sendo enxotado, demitido pela ingrata casa. O que não é verdade. Então, nem Carla Vilhena nem ninguém que for trocado (em breve) terá direito a dar tchauzinho aos telespectadores.

    O DIA…

    …que este colunista sair daqui ele promete dar tchauzinho. Mas vocês têm de prometer que ficarão com peninha… Ahn? Como? Não vão ficar com peninha coisa nenhuma? Chuif… buá… agora magoou…

    FALANDO EM PENINHA…

    Ninguém precisa ficar apiedado a respeito do futuro das crianças da NOVELINHA “Carrossel”, que está chegando ao fim e será substituída por “Chiquititas”. Boa parte da molecada já se arranjou em grupo e eles pretendem fazer apresentações teatrais e circenses interpretando os mesmos personagens de “Carrossel”. Por estes dias já podem ser vistos como atração do circo Tihany. Todos os direitos autorais estão devidamente acertados.

    SACO…

    Era apenas golpe publicitário a declaração de Gusttavo Lima, em março, de que estava ponderando abandonar a carreira. Cobrando cachê na casa dos R$ 300 mil e com shows marcados até dezembro, só podia ser mesmo um monólogo amolecido para dormitar bovinos. Infelizmente, diga-se de passagem.

    FALANDO EM CANTORIA

    Rivaldo Gomes/Folha imagem
    A cantora Joelma, da banda Calypso
    A cantora Joelma, da banda Calypso

    Joelma, do Calypso, não só se arrependeu de ter declarado que não gostaria de ter um filho gay e de se posicionar contra o casamento gay. Seu grupo passou a ter menos convites de shows e alguns já acertados para os próximos meses até foram desmarcados. Ou seja, Joelma fez com que a banda perdesse seu objetivo principal: dinheiro. Programas de TV também “desconvidaram” a banda para apresentações…

    MAS O PIOR MESMO…

    É que alguns grupos gays se uniram e passaram a hostilizar a banda dentro e fora dos shows. Ou seja, tem gente pagando ingresso só para entrar na casa e xingar Joelma. E os demais músicos da banda, porque sobrou para todo mundo.

    OPORTUNISTAS…

    Também ficou meio “bandeira” e grotesco o fato de que algumas personalidades, justamente aquelas que estão em baixa na mídia, tenham saído aos berros em redes sociais e programas, detonando Joelma (que emitiu comunicado praticamente se desculpando).

    *

    SOOOOOOOBE!

    Anão Marquinhos

    De pequeno coadjuvante virou um dos personagens mais requisitados da Record. Sua simples presença no vídeo já faz o ibope aumentar quase que imediatamente. Um artista que estava no lugar certo, na hora certa, mas que, principalmente, caiu no gosto popular. Se não for destroçado pela superexposição –coisa que a Record já está fazendo– pode ter uma carreira longa, tanto na TV (apresentador, comandando quadros etc.), como fora dela. Precisa tomar cuidado e não se deslumbrar. Vida longa e próspera a Marquinhos.

    Facebook Plugins

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.