Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos Um domingo de goleadas e viradas

Um domingo de goleadas e viradas

Um domingo de goleadas e viradas

Tinha tudo para ser um domingo repleto de vitórias para os principais clubes do Brasil. Com gols logo no início, Palmeiras, Botafogo, Internacional, Corinthians e Atlético-MG saíram na frente de seus duelos pelos Campeonatos Estaduais, mas apenas os três primeiros terminaram a rodada com vitórias – todas por 4 a 1. Já corintianos e atleticanos não tiveram a mesma competência e acabaram levando duras viradas – ambas por 2 a 1. O FIFA.com conta a seguir como foi a rodada pelos Campeonatos Estaduais.

No Campeonato Paulista, o Palmeiras engrenou. Embalado pela classificação antecipada na Libertadores, o time de Gilson Kleina não teve piedade e goleou o rebaixado Guarani (4 a 1). Foi a quinta vitória seguida da equipe, que nem precisou contar com sua força máxima em campo. Léo Gago, Vilson, Charles e Ronny marcaram os gols Pacaembu, enquanto Everton descontou para os campineiros.

Mais até do que o triunfo convincente, o volante Léo Gago exaltou a nova postura da equipe, citando a goleada sofrida para o Mirassol (6 a 2) como divisor de águas. “Após aquela goleada a diretoria nos deu tranqüilidade e sabíamos que não poderíamos abaixar a cabeça. O trabalho está sendo bem feito, e o resultado mostrou que estamos no caminho certo.”

Em Lins, o gol logo cedo de Paolo Guerrero deu esperanças à torcida do Corinthians, mas a equipe não repetiu as boas atuações das últimas rodadas e acabou recuando pouco a pouco. No segundo tempo, em oito minutos o Linense virou, com gols de João Sales e Leandro Brasília. O resultado quebrou uma série de dez jogos sem derrotas para o time de Tite, que também não tem mais chance de ficar no G-4, já que ocupa o sexto posto a uma rodada do fim da primeira fase.

No Campeonato Carioca, o Botafogo seguiu o roteiro do Palmeiras e goleou com show deClarence Seedorf e Nicolas Lodeiro (4 a 1). O holandês liderou o time misto com sua categoria habitual, abriu o placar e fez linda jogada para o primeiro do uruguaio, que ainda marcou outro na goleada sobre o Nova Iguaçu. O resultado confirmou o embalado alvinegro na primeira posição do Grupo A da Taça Rio.

No clássico, o Flamengo por pouco não venceu com o placar mais comum da rodada. Faltou um golzinho nos 3 a 1 sobre o Fluminense – Renato Abreu, duas vezes, e Hernane marcaram -, que serviram mais para que a equipe de Jorginho recuperasse o moral após fraca campanha e eliminação precoce no segundo turno. O Flu perdeu o jogo e a liderança do Grupo B, que agora é do surpreendente Resende. Resta apenas uma rodada, mas, se as semifinais fossem hoje, Botafogo e Fluminense fariam o clássico, enquanto Resende e Volta Redonda decidiriam a outra vaga na final.

Situação parecida viveu o Internacional no Campeonato Gaúcho. Com mais uma tarde inspirada de sua dupla de atacantes, a equipe passou sem dificuldades pelo Juventude (4 a 1) e roubou do rival a liderança do Grupo B da Taça Farroupilha, garantindo ainda a vantagem geral nos mata-matas. Enquanto Leandro Damião fez um, o uruguaio Diego Forlán marcou mais dois e também roubou do companheiro a ponta da artilharia, agora com nove tentos, um a mais que o camisa 9.

Já o Grêmio não precisou nem golear, muito menos vencer para terminar na ponta do Grupo A. Com um simples 0 a 0 com o Novo Hamburgo, a equipe fechou na ponta da tabela, com um ponto a mais que o adversário do dia.

E o que mais?
Como o Corinthians, o Atlético-MG acabou levando a virada da Caldense por 2 a 1, perdendo grande chance de assumir a ponta do Campeonato Mineiro – o Cruzeiro joga apenas na terça-feira e agora pode abrir boa distância. A diferença para os paulistas é que o Galo foi a campo com time todo reserva, já pensando no duelo pela Libertadores contra o São Paulo, quarta.

O domingo também foi de clássico no Nordeste. Na remodelada Arena Castelão, que será palco da Copa das Confederações e da Copa do Mundo da FIFA, o Ceará venceu o Fortaleza por 1 a 0 e se igualou ao rival na tabela – ambos na segunda posição –, enquanto em Pernambuco, o Sport empatou no finzinho, em 2 a 2, com Santa Cruz e se manteve na ponta, um ponto à frente do próprio Santa e do Náutico.

TAGS: