Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos “Quem vai sustentar a minha casa?”, diz cobradora de van em protesto no Rio

“Quem vai sustentar a minha casa?”, diz cobradora de van em protesto no Rio

  • Motoristas e cobradores de vans e kombis realizam protesto contra a proibição de circularem na zona sul do Rio

Cerca de 300 pessoas caminharam da Rocinha à Secretaria Municipal de Transportes, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro, para protestar contra o decreto do prefeito Eduardo Paes (PMDB) que extingue a circulação de vans na zona sul da cidade. Os manifestantes ocuparam uma faixa das avenidas por onde passaram no trajeto. Ao chegar à secretaria, a tropa de choque da Polícia Militar fez um cordão de isolamento em volta do prédio, mas o clima era pacífico no local.

À frente do protesto, Maria Severina Nascimento, 33, cobradora da linha São Conrado-Copacabana há 15, segurava uma faixa com os dizeres “Presidente Dilma, estamos no preparando para ir a Brasília buscar seu apoio”. “Como a gente vai trabalhar agora? Quem vai pagar o meu aluguel? Quem vai sustentar a minha casa? Quero perguntar isso ao prefeito”, afirmou.

Também cobrador, Ramires Pereira dos Santos trabalha junto com o cunhado, o pai e o irmão na mesma van da linha Leme-São Conrado, e considera a medida um desrespeito. “Somos todos trabalhadores. Até essa caso do estupro, os turistas pegavam vans sem problemas. O transporte alternativo é muito importante na zona sul, tanto para os turistas quanto para os trabalhadores que precisam voltar para casa no fim do dia, na zona oeste.”

“É uma ditadura, você não tem diálogo nenhum com a prefeitura. O prefeito se contradiz ao dizer que as vans tumultuam o trânsito e permitir o aumento no número de ônibus. Nós estamos participando legalmente da licitação. Ele que não quis usar a bilhetagem eletrônica”, disse Flávio Neri, 37, motorista da linha Rocinha-Copacabana.

TAGS: