Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos Cid Gomes pede que PF investigue denúncia de espionagem no Ceará

Cid Gomes pede que PF investigue denúncia de espionagem no Ceará

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), protocolou ofício na tarde dessa quarta-feira (17) pedindo ao Ministério da Justiça uma investigação sobre a denúncia de que teria determinado uma espionagem a adversários políticos no Estado. Gomes alega que teve seu e-mail oficial invadido e se diz vítima de uma “armação” dos adversários.

Em discurso no último dia quatro, o deputado federal Eudes Xavier (PT) denunciou, na tribuna da Câmara, que cópias de e-mails entregues em seu gabinete apontariam para uma troca de mensagens entre Cid Gomes; seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes; o chefe do Gabinete Civil, Arialdo Pinho; e o secretário de Segurança Pública do Ceará, Francisco Bezerra, onde estariam tratando da “contratação de uma empresa internacional de espionagem.”

Segundo a denúncia, a empresa seria a Kroll, que estaria sendo paga com dinheiro público. O alvo principal seria o ex-deputado federal e ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, que foi alvo de busca e apreensão na semana passada.

Roberto Pessoa negou qualquer envolvimento na invasão ao e-mail do governador e disse que ele é que está sendo espionado. A Kroll, empresa citada no suposto e-mail, negou que ter sido contratada pelo governador cearense e afirmou que não trabalha fazendo espionagem.

Pedido
No ofício enviado ao Ministério da Justiça, o governador cearense anexou a cópia do discurso de Eudes Xavier na Câmara e pediu que o que foi alegado publicamente fosse apurado.

“O texto incursiona em um terreno irresponsável, o que leva a dirigir-me à Vossa Excelência a fim de que determine investigação às alegações apresentadas pelo deputado”, diz trecho do ofício encaminhado ao ministro José Eduardo Cardozo. O ministério não se manifestou sobre o pedido.

Em contato com o UOL, nesta quinta-feira (18), a assessoria de Cid Gomes disse que o pedido foi feito para que a Polícia Federal entre no caso e dê “completa imparcialidade” à apuração do caso.

Segundo a assessoria do governador, a Polícia Civil cearense já comprovou que o e-mail de Gomes foi violado e alega que Gomes foi vítima de “armação” com e-mails falsos. “A polícia já tem provas de que o e-mail foi invadido, e o Cid já demonstrou que o que foi apresentado pelo deputado é falso”, afirmou.

Ainda segundo a assessoria do governador, a denúncia de Xavier foi feita na semana em que a Justiça determinou a quebra do sigilo dos IPs (endereços físico dos computadores) ele fez o pronunciamento. O governador afirma que espera que a investigação aponte os autores da invasão ao seu e-mail.

O UOL entrou em contato com a assessoria de imprensa do deputado Eudes Xavier e foi informado que, ainda nesta quinta-feira, ele faria uma ligação à reportagem para dar sua versão do caso, o que não ocorreu até a publicação desta matéria.

TAGS: