PMDB decidirá na próxima semana sobre processo contra Garotinho

    0
    543

    Na sessão de quarta-feira (8), o líder do PR, deputado Anthony Garotinho, insinuou que a emenda apresentada pelo líder do PMDB, Eduardo Cunha, à MP dos Portos, teria o propósito de atender interesses econômicos. Depois da sessão, deputados do PR reuniram-se para articular a substituição de Garotinho na liderança da bancada.

    Luis Macedo / Câmara dos Deputados
    Ordem do Dia. Votação da MP 593/2012. Dep. Eduardo Cunha (PMDB-RJ)
    Cunha: proposta apresentada reunia emendas de vários partidos para acelerar votação da MP.

    O PMDB deve reunir a Executiva Nacional na próxima semana para decidir sobre processo no Conselho de Ética e de Decoro Parlamentar contra o líder do PR, deputado Anthony Garotinho (RJ). Durante a sessão do Plenário na noite de quarta-feira (8), Garotinho criticou duramente emenda apresentada pelo líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), à MP dos Portos (MP 595/12). Garotinho insinuou que a emenda apresentada por Cunha teria sido objeto de negócios para atender interesses econômicos.

    O líder peemedebista e outros líderes partidários reagiram às acusações e a votação da MP teve de ser suspensa. Cunha afirmou que o PMDB entrará com processo por quebra de decoro contra Garotinho, e pediu ao presidente do seu partido, o senador Valdir Raupp (RO), que convoque a Executiva para deliberar sobre o caso.
    Segundo Cunha, a proposta apresentada reunia emendas de deputados do PSB, PMDB, PDT e DEM e tinha o objetivo de acelerar a votação da MP dos Portos que perde a validade na semana que vem. O objetivo de Garotinho, segundo Cunha, era impedir a votação.

    “Alguns, na defesa de seus interesses, resolveram encontrar uma maneira de melar o jogo e com isso acabaram ajudando a derrubar a medida provisória. É o que eu falo: é igual punguista na praça – bate a carteira e grita pega ladrão”, afirmou Eduardo Cunha

    Luis Macedo / Câmara dos Deputados
    Ordem do Dia. Votação da MP 593/2012. Dep. Anthony Garotinho (PR-RJ)
    Garotinho reafirmou as acusações nesta quinta-feira: usaram o Parlamento para fazer negócio.

    Nesta quinta-feira (9), Garotinho voltou à tribuna para reafirmar as acusações.

    “Aquilo que eu disse aqui, eu repito: aquela era a medida provisória dos porcos, daqueles que usaram o Parlamento para fazer negócio. Eu estou esperando o cumprimento do que foi dito aqui”, afirmou. Garotinho disse ainda estar esperando ser chamado para dar explicações no Conselho de Ética. “Eu quero ser chamado para poder dizer aquilo que, até por uma questão de respeito ao Parlamento, eu não fiz ontem, mas acho que as denúncias que eu tenho precisam ser apuradas”, acrescentou

    Substituição
    Depois da sessão de quarta-feira, 14 deputados do PR reuniram-se para articular a substituição de Garotinho na liderança da bancada. O vice-líder do partido, o deputado Bernardo Santana de Vasconcellos (MG) disse que não concordou com a postura de Garotinho e que o líder colocou a bancada numa situação constrangedora.

    “Passamos um vexame em Plenário. Não existe líder de si mesmo e ele não nos comunicou nada. Foi uma atitude irresponsável. Se faz uma denúncia, mostra prova, não fala supostamente”, afirmou.

    Ele espera conseguir a adesão de pelo menos 18 deputados, maioria da bancada do PR na Câmara, para a realização de nova eleição da liderança.

    Explicação
    O líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), protocolou nesta quinta um pedido para que a Mesa Diretora e a Corregedoria da Câmara convoquem os deputados Eduardo Cunha e Anthony Garotinho para explicar as denúncias envolvendo a votação da MP dos Portos.

    No documento encaminhado ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, Bueno afirma que, caso os dois deputados não esclareçam as denúncias, a situação precisará ser analisada pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Para o líder do PPS, a polêmica ocorrida na sessão desta quarta “revela uma situação que não pode ser tolerada por esta Casa”.

    Íntegra da proposta:

    Da Redação/RL
    Com informações da Liderança do PPS

     

    Siga-me !

    Facebook Plugins

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.