Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos

    0
    614

    Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos.

    Após 50 anos do golpe militar que levou o Brasil a uma ditadura que durou mais de duas décadas, a Câmara dos Deputados vai realizar uma série de eventos para lembrar a luta pela volta da democracia e a resistência contra a ditadura.

    Sessão solene, atos públicos e exposições são algumas das atividades que pretendem proporcionar uma reflexão sobre o dia 31 de março de 1964 – data a partir da qual o Brasil ingressou no regime de exceção – e os 21 anos subsequentes, período que durou a ditadura.

    Arquivo/ Alexandra Martins
    Erundina: o Congresso foi diretamente atingido pelo regime de exceção. O Congresso Nacional foi fechado três vezes.

    Nesta terça-feira, 1º de abril, às 9h30, será realizada uma sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães a pedido da deputada Luiza Erundina (PSB-SP). Entre os principais convidados para a solenidade está Maria Thereza Goulart, viúva do ex-presidente João Goulart, cuja cassação abriu caminho para a ditadura.

    Durante a sessão solene, a Câmara também vai inaugurar o “Ano da Democracia, da Memória e do Direito à Verdade” – uma agenda de eventos políticos, culturais e educativos que se estenderá até o fim de 2014.

    Congresso fechado
    O objetivo é marcar a presença da Casa no resgate histórico daquele período, por meio da reafirmação da democracia e de homenagens aos que resistiram ao autoritarismo, como lembra a deputada Luiza Erundina. “O Congresso foi diretamente afetado, atingido pelo regime de exceção. O Congresso Nacional foi fechado três vezes. A Câmara dos Deputados teve 173 parlamentares cassados. [O então deputado] Rubem Paiva ainda hoje está desaparecido e o seu destino [é desconhecido], embora haja fortes indícios de ele ter sido assassinado nos porões da ditadura. Então, isso explica a necessidade, a importância e o simbolismo dessas manifestações que estamos a promover no País inteiro durante este ano.”

    Após a sessão solene, será aberta a exposição “Instituições Mutiladas, Resistência e Reconstrução Democrática (1964-2014)”, no corredor de acesso ao Plenário. A mostra apresenta um panorama sobre as instituições atingidas pelo governo autoritário, ao mesmo tempo em que destaca as diversas formas de resistência à ditadura e de reconstrução da democracia.

    Luiza Erundina defende a continuidade das investigações sobre os desaparecimentos e mortes e a punição dos envolvidos.

    Comissão da Verdade
    A deputada destaca que esclarecer os fatos ocorridos no passado é uma forma de evitar que voltem a acontecer no futuro. “Ainda temos dezenas de brasileiros desaparecidos, cujo destino dos seus corpos sequer os familiares tiveram direito de conhecer. Certamente [a ditadura] deixou uma triste herança que afetou não só os diretamente envolvidos na resistência à ditadura, mas a própria democracia brasileira.”
    Erundina acrescentou que a redemocratização ainda está inacabada. “Enquanto não se passar a limpo, completamente, essa história, certamente não se terá a garantia de que esses fatos não ocorram no futuro.”

    Também nesta terça-feira, às 14 horas, vai ser reinstalada subcomissão da Comissão de Direitos Humanos e Minorias denominada Comissão Parlamentar da Verdade. A subcomissão foi criada em 2012, quando realizou o projeto de devolução simbólica dos mandatos dos 173 deputados federais cassados pelo regime de exceção.

    Além disso, ao longo do mês de abril, a TV Câmara apresentará quatro documentários relativos ao tema. Estão programadas duas entrevistas da série “Memórias” – com o jornalista Mino Carta e com o ex-deputado Waldir Pires -, o filme “Esquerda, Volver” , sobre a perseguição e a expulsão de militares que foram contrários ao golpe, e uma obra, ainda sem título, sobre a atuação de advogados durante a ditadura.

    Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos

    Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos

    Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos

    Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos

    Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos

    Facebook Plugins