Saae de Guarulhos divulga resultado da campanha de economia de água

    0
    636

    Saae de Guarulhos divulga resultado da campanha de economia de água

    De acordo com levantamento do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos, o volume de água economizado na cidade entre 15 de março e 15 de abril foi de 13,74%, o equivalente a 661 mil metros cúbicos de água/mês (ou cerca de 22 milhões de litros por dia) – este volume representa a produção da Estação de Tratamento de Água (ETA) Cabuçu, que é operada pelo Saae de Guarulhos e abastece cerca de 90 mil moradores das regiões Cabuçu e Parque Continental. Considerando as categorias Residencial, Industrial, Comercial e Órgãos Públicos, aproximadamente 30% dos usuários atingiram as metas e obtiveram descontos. No mesmo período, o Saae de Guarulhos deixou de faturar R$ 1.674.000,00.

     

    Em comunicado divulgado no dia 5 de fevereiro, o Saae de Guarulhos informou que seria concedido desconto de 30% nas contas de quem reduzisse o consumo de água em 20% e de 10% para quem reduzisse em 10%, em comparação à média mensal no período compreendido entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2014; é possível verificar a meta na própria conta de água. O incentivo, que visa à economia de água no município, valerá para as faturas que chegarão aos consumidores até setembro de 2014. O Saae adotou essa medida por entender a gravidade da questão do abastecimento de água na região metropolitana de São Paulo.

    Na categoria Residencial, 30% dos usuários atingiram a meta para desconto; sendo que 21% reduziram o consumo em 20% e 9% reduziram em 10%. Na categoria Industrial, 34% alcançaram a meta (26% reduziram o consumo em 20% e 8% reduziram em 10%); na Comercial, 32% atingiram a meta (27% dos usuários reduziram o consumo de água em 20% e 5% em 10%); e na categoria Órgãos Públicos 34% atingiram a meta (26% reduziram o consumo de água em 20% e 8% em 10%).

    O Saae de Guarulhos avalia como positivo o resultado da campanha de economia de água. É importante considerar todo esforço da população, que já economizava e passou a economizar ainda mais.

    Guarulhos tem 1,3 milhão de moradores e está localizada numa região de rios com pouca água, por isso é obrigada a comprar por atacado 87% de sua água da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), por meio dos Sistemas Cantareira (62%) e Alto Tietê (25%); os outros 13% equivalem à produção própria do município. Para abastecer toda a população, a cidade precisaria receber 4,5 mil litros de água por segundo. Antes do racionamento imposto a Guarulhos pela Sabesp, com a redução do volume de água fornecido por meio do Sistema Cantareira, a cidade tinha disponível para distribuição 4 mil litros por segundo; ou seja, já havia um déficit de 500 litros por segundo. As altas temperaturas e a baixa quantidade de chuva no verão evidenciaram e agravaram os problemas no Sistema Cantareira, que praticamente secou, tornando a situação ainda pior: Guarulhos só tem disponível para distribuição 3,6 mil litros de água por segundo.

    Por isso, o Saae de Guarulhos teve de adotar rodízio de um dia com água para um dia sem água. Diretamente, 850 mil moradores de Guarulhos são afetados; porém, como o sistema é interligado e dinâmico, funcionando de acordo com o consumo, toda população da cidade é atingida, já que o Saae adota por prática distribuir de forma justa a água disponível.

    Não se trata, portanto, de um problema de distribuição, mas, sim de oferta de água. Nos últimos anos, o Saae de Guarulhos implantou toda infraestrutura necessária ao seu sistema. Se não fosse a eficiência do sistema, não se conseguiria, sequer, fazer a distribuição do volume de água disponível. Além disso, o Saae de Guarulhos pleiteia, sistematicamente, junto à Sabesp o aumento do volume de água fornecido à cidade; o monopólio da produção de água na região metropolitana de São Paulo pertence à companhia estadual.

    Autarquia tem outras ações em defesa do uso racional da água

    Além de conceder desconto para quem reduz o consumo de água, o Saae de Guarulhos tem ações em defesa do uso racional da água. Desde o início de fevereiro, a autarquia municipal faz ampla campanha, que inclui comunicação via carro de som, cartazes, telemarketing e informes publicitários em emissoras de rádio e jornais impressos. Alternativas para ampliar a oferta de água também estão sendo estudadas pelo Saae.

    Paralelamente a essas realizações, a autarquia municipal mantém campanha permanente por meio de folhetos que estão à disposição nas unidades do Fácil–Central de Atendimento ao Cidadão. Além disso, o Departamento de Relações Comunitárias e a Assessoria de Educação Ambiental trabalham constantemente o tema junto à população.

    Por outro lado, para enfrentar estes tempos de racionamento com menos desconforto, é importante que o imóvel tenha caixa-d’água adequada para o consumo familiar. A caixa-d’água ajuda a evitar que falte água quando o abastecimento tiver de ser interrompido. Mas, para que funcione bem, é importante que tenha um tamanho adequado ao número de pessoas na família: de 1 a 3 moradores, caixa de 500 litros; de 4 a 5 moradores, caixa de 1.000 litros; de 6 a 8 moradores: caixa de 1.500 litros; de 9 a 10 moradores: caixa de 2.000 litros. Além disso, descargas, chuveiros e torneiras devem estar ligados diretamente à caixa-d’água, e não à rede pública.

    Saae de Guarulhos divulga resultado da campanha de economia de água

    Saae de Guarulhos divulga resultado da campanha de economia de água

    Saae de Guarulhos divulga resultado da campanha de economia de água

    Facebook Plugins

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.