Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos Graça Foster explicará compra de Pasadena na próxima quarta

Graça Foster explicará compra de Pasadena na próxima quarta

Graça Foster explicará compra de Pasadena na próxima quarta 04/23/2014

O debate com a presidente da Petrobras estava marcado para esta quarta, mas foi adiado a pedido dela. Deputados criticaram mudança de data.

A presidente da Petrobras, Graça Foster, adiou sua vinda à Câmara para o próximo dia 30, às 10 horas, para prestar esclarecimentos sobre a compra da refinaria de Pasadena (EUA), que teria ocasionado perdas contábeis superiores a 500 milhões de dólares à estatal brasileira.

O presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), havia reservado a tarde desta quarta-feira para ouvir Graça Foster, mas disse que foi procurado ontem por representantes da Petrobras, que alegaram problemas de agenda e pediram para remarcar a audiência pública.

Diante desta informação, o deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) pediu o adiamento da votação do seu requerimento de convocação do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. A votação desse requerimento foi suspensa porque o ministro garantiu que Graça Foster viria à comissão no prazo de 30 dias (comissões do Congresso podem convocar ministros, mas não presidente de estatais).

O deputado José Guimarães (PT-CE) pediu a retirada do requerimento de convocação de Lobão (e não o adiamento) e criticou o “clima de desconfiança” em relação ao governo. Segundo ele, até hoje o governo tem cumprido todos os acordos e não concorda com “essa espada da desconfiança”.

O líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), disse que o acordo foi descumprido, pois previa o comparecimento de Graça Foster no prazo de 30 dias, o que não ocorreu. “Se ela não comparecer novamente no dia 30, vamos convocar o ministro sim, pois o acordo foi feito com ele e não com a presidente da Petrobras”, disse Eduardo Cunha.

Na semana passada, no entanto, em depoimento no Senado, a atual presidente da Petrobras, Graça Foster reconheceu que “não foi definitivamente um bom negócio”.

Economia e seca
Guimarães reafirmou que tudo que foi combinado está sendo cumprido. Ele lembrou que está acertada a vinda do ministro da Fazenda, Guido Mantega, no próximo dia 14, às 9h30, para uma audiência pública sobre a política econômica do governo.

Disse ainda que a Subcomissão de Defesa Civil e Combate à Seca, vinculada à Comissão de Fiscalização Financeira, acertou a vinda do ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, no próximo dia 13, às 14h30. Ele participará de audiência pública sobre as ações do governo Dilma Rousseff na área de prevenção e convivência com a seca.