Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos News Gru Guarulhos Almeida apresenta proposta de equiparação salarial para os professores da rede

Almeida apresenta proposta de equiparação salarial para os professores da rede

Almeida apresenta proposta de equiparação salarial para os professores da rede

Os professores de educação infantil passararão a receber o mesmo salário dos demais profissionais que atuam na rede municipal de ensino. A proposta foi apresentada pelo prefeito Sebastião Almeida na noite desta quarta-feira (30), durante reunião da Comissão Permanente de Negociação (CPN), realizada no Salão Nobre do Paço Municipal.

Antiga reivindicação da categoria, a proposta será implementada de maneira escalonada em três parcelas anuais de 33,33%, sendo a primeira já a partir deste ano. A segunda parte será liberada em 2015 e o restante em 2016.

“A equiparação salarial entre os professores é uma reivindicação histórica dos profissionais e demonstra o respeito que temos com os educadores da rede municipal. Essa medida também reforça o compromisso do meu governo em levar um ensino de mais qualidade a todos os alunos da Prefeitura. Tratar a educação como prioridade vai nos ajudar a construir um futuro melhor para todos os guarulhenses”, avalia Almeida.

Outra importante reivindicação atendida pelo prefeito foi a implantação de duas novas jornadas de trabalho, garantindo aos professores um terço do total de horas para dedicação ao aperfeiçamento profissional através de estudos, aos trabalhos coletivos nas escolas e às atividades realizadas fora da sala de aula.

Na prática, os professores poderão optar por uma jornada de 30 horas semanais, sendo 20 horas de trabalho com alunos em sala de aula e o restante destinado às atividades de formação.

Os profissionais também poderão optar por uma jornada de 38 horas semanais. Nesse caso, o professor terá 25 horas dedicadas aos alunos em sala de aula e as demais reservadas às atividades extra-classe.

Outra novidade anunciada garantirá um melhor atendimento aos alunos com deficiência que frequentam a rede municipal com a implantação do agente de inclusão educacional, ampliação do número de salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE), contratação de transporte adaptado para alunos com mobilidade reduzida, além de atividades de arte educação e lúdicas aos alunos com deficiência atendidos pela rede municipal de ensino.

TAGS: