Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

 
Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março
Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

O total de pessoal ocupado na indústria se manteve praticamente estável de fevereiro para março deste ano ao variar 0,2%. Com o resultado de março, o emprego na indústria fecha o primeiro trimestre do ano, com retração de 0,3%, quinta taxa negativa consecutiva na comparação trimestral.

Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal: Emprego e Salário divulgados hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam, apesar dos resultados negativos, “um ritmo de queda menos intenso do que os observados no terceiro e quarto trimestre de 2013, quando os dados indicavam quedas de 1,0% e 0,6%, respectivamente”, informa o levantamento.

Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

Quando a comparação se dá com março de 2013, a queda no emprego industrial, no entanto, chega a 1,9%, o que se constitui o trigésimo resultado negativo consecutivo nesse tipo de confronto.

Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

No índice acumulado para o primeiro trimestre deste ano, comparativamente ao primeiro trimestre do ano passado, no entanto, o pessoal ocupado na indústria já acusa queda de 2%, intensificando o ritmo de queda em relação ao registrado no segundo, terceiro e quarto trimestres do ano passado, de respectivamente menos 0,5%, menos 1,2% e menos 1,8%.

Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

Já a taxa anualizada, o índice acumulado nos últimos 12 meses, recuou 1,4% em março de 2014, mantendo a trajetória ligeiramente descendente iniciada em agosto do ano passado (menos 1%).

Trabalho na indústria fica praticamente estável de fevereiro para março

Nielmar de Oliveira – Repórter da Agência Brasil Edição: Talita Cavalcante