Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    0
    722
    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú
    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    O Itaú Unibanco promove nesta quinta-feira, 7, evento sobre macroeconomia

    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú
    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    DR

    ECONOMIA AVALIAÇÃOHÁ 44 MINSPOR

    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú
    Se PIB brasileiro cair 4%, crise será mais profunda do século, diz CEO do Itaú

    O presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, afirmou que se o produto interno bruto (PIB) brasileiro recuar 4% será a crise mais profunda do século. “O Brasil passa por um dos períodos mais desafiadores de sua história. Se o PIB cair 4% este ano, será a crise mais profunda do século”, afirmou ele, durante evento, em São Paulo.

    PUB

    Apesar do cenário desafiador tanto no campo econômico bem como no político que atravessa momento de “elevada incerteza”, conforme Setubal, há sinais encorajadores da inflação que “parecem ceder”. Lembrou, contudo, que o ambiente afeta a vida das empresas e traz desafios na gestão. Sobre o contexto global, afirmou que também segue “envolto de incertezas”.

    “Desafios se apresentam assim como nossa disposição em superá-los. Somos parte da solução apoiando clientes neste momento de dificuldade”, acrescentou o executivo.

    O Itaú Unibanco promove nesta quinta-feira, 7, evento sobre macroeconomia. Participam o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.