João Doria corre o risco de não assumir prefeitura de São Paulo

Doria responde por abuso de poder e de utilizar a máquina pública do governo de São Paulo para se beneficiar na campanha à prefeitura

Política Justiça Há 4 HorasPOR Notícias Ao Minuto

O novo prefeito eleito da cidade de São Paulo, João Doria, pode não assumir o cargo se condenado em uma das duas ações judiciais que pedem a cassação do registro da sua candidatura. De acordo com o que apurou o site Caros Amigos, Doria responde por abuso de poder politico e por utilizar dinheiro vindo de contratos com pelo menos quatro estados, para financiar sua campanha.

A primeira ação foi entregue pelo Ministério Público de São Paulo, acusando Doria de abuso de poder e de utilizar a maquina pública do governo do Estado para se beneficiar na campanha, com ajuda do governador, Geraldo Alckmin. O uso da maquina pública para campanhas é ilegal.

Neste caso, a investigação corre durante a tramitação do projeto na Justiça Eleitoral, o que pode atrasar em anos a sentença, culminando, talvez, na cassação do mandato, e em eleições indiretas, caso Doria esteja nos últimos seis meses da sua gestão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.