//Francislene assis Corrêa
Francislene Assis Corrêa

Francislene assis Corrêa

Francislene assis  Corrêa

Francislene assis de almeida corrêa

Francislene assis de almeida corrêa

Francisleine Assis de Almeida
Uma das mulheres mais influentes e poderosas da sociedade guarulhense
O jeito tímido, meigo e a voz macia não demonstra a personalidade forte e vencedora de uma das mulheres mais influentes e poderosas da sociedade guarulhense atualmente. Trata-se de Francisleine Assis de Almeida, herdeira do saudoso advogado Assis de Almeida e dos negócios imobiliários outrora sob os cuidados do pai.
A menina curiosa que fez da companhia do pai um aprendizado para o futuro, é, hoje, uma da mais respeitadas empresárias do ramo imobiliário de Guarulhos. Suas empresas gerenciam centenas empreendimentos imobiliários espalhados pelos quatro quantos da cidade.

Francislene assis de almeida corrêa
Francislene assis de almeida corrêa

Por ser uma grande empregadora, Francisleine reclama dos altos impostos cobrados na cidade. “O IPTU de Guarulhos é um dos mais caros do país. E o pior, temos muitos terrenos que se localizam na zona rural e nos últimos anos querem que paguemos o IPTU, que deve ser cobrado de propriedades na área urbana. Fica difícil mantermos os negócios e garantirmos os empregos desse jeito. Por isso, temos várias ações contra a prefeitura, no intuito de corrigir essa distorção”, explica.
Mulher do deputado federal e candidato derrotado na eleição para a prefeitura de Guarulhos, Eli Corrêa Filho, Francisleine sabe das dificuldades no competitivo mundo dos negócios. “Não é fácil. Mas desde que acompanhava meu pai aprendi que respeito se conquista com atitudes. E isso eu sempre tive. Hoje, apesar da competitividade num setor extremamente machista não posso reclamar. Sou respeitada tanto quanto mulher como quanto empresária”, finaliza.

Mulher do deputado federal e candidato derrotado na eleição para a prefeitura de Guarulhos, Eli Corrêa Filho, Francisleine sabe das dificuldades no competitivo mundo dos negócios. “Não é fácil. Mas desde que acompanhava meu pai aprendi que respeito se conquista com atitudes. E isso eu sempre tive. Hoje, apesar da competitividade num setor extremamente machista não posso reclamar. Sou respeitada tanto quanto mulher como quanto empresária”, finaliza.