Câmara de Guarulhos delibera 16 Requerimentos na Sessão de quinta-feira

Câmara de Guarulhos delibera 16 Requerimentos na Sessão de quinta-feira

08:51:25

Vereadores cobraram execução de Emendas Parlamentares
 
por Priscila Ortega
 
Vera Jursys
Câmara de Guarulhos delibera 16 Requerimentos na Sessão de quinta-feira
 

A análise de aproximadamente 58% dos itens que constavam na pauta da Sessão desta quinta-feira, 24 de agosto, na Câmara de Guarulhos ficou pendente. Os debates entre situação e oposição obstruíram a votação de quatro Vetos do Executivo na Ordem do Dia; além de dez Requerimentos do Grande Expediente e oito Projetos de Lei, que serão encaminhados para análise das Comissões Técnicas. Dos 26 Requerimentos de parlamentares com solicitações de informações à Prefeitura, 16 foram deliberados.Câmara de Guarulhos delibera 16 Requerimentos na Sessão de quinta-feira

No Grande Expediente, destaque para o Requerimento 4.081/2017, de Zé Luiz (PT), que solicita informações ao Executivo sobre a execução de Emendas Parlamentares. Segundo Genilda Bernardes (PT), as emendas aprovadas no ano anterior são impositivas, mas não foram cumpridas. “Já estamos em agosto e não tivemos nenhum sinal do Executivo sobre as Emendas Parlamentares”, questionou.Câmara de Guarulhos delibera 16 Requerimentos na Sessão de quinta-feira

O vereador Eduardo Barreto (PCdoB) criticou o Decreto do Governo Federal que autoriza a extinção de área de preservação na Amazônia para exploração de minério. “O presidente Temer mandou derrubar uma área do tamanho do Espírito Santo na Amazônia; o pulmão do Brasil agora está com enfisema pulmonar.”

 

Tribuna Livre

Os vereadores rebateram as críticas do munícipe Cássio Felix de Azevedo, contra o PL 3.573/1990, do vereador Eduardo Carneiro (PSB), que proíbe a venda de rojões e bombas com efeitos sonoros. O projeto foi discutido em audiência pública, no último dia 9 de agosto. “As escolas do município não possuem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), que atesta segurança contra incêndio, então não cumprem a Lei; portanto, os comerciantes de fogos de artifícios também não precisam cumprir”, afirmou Azevedo. O parlamentar Dr. Laércio Sandes (DEM) disse que qualquer acusação pode ser documentada e levada ao Ministério Público por meio de ação popular, mas recusou o argumento. “Um erro não justifica o outro.”

De acordo com o docente do Instituto Federal de Educação e Tecnologia de São Paulo (IFSP), Cristiano Alves Pessoa, a escola precisa da ajuda do município para compensar a redução dos repasses federais.  “Com a redução de verbas do Governo Federal, não conseguimos mais atender as demandas, por isso precisamos do apoio dos vereadores.” Entre as solicitações apresentadas estão: a implantação de faixa de pedestres e semáforo em frente à escola, a ampliação das linhas de ônibus disponíveis no horário de pico e o aumento do número de rondas no horário noturno, durante a saída dos alunos.

 

Demissões na Prefeitura

O vereador Edmilson Souza (PT) pediu a atenção redobrada dos vereadores em relação a possíveis demissões na Prefeitura. O atual secretário da Fazenda, Peterson Ruan, declarou que mais de 1,5 mil servidores devem ser demitidos, durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência no Senado, em 14 de agosto, que investiga os maiores devedores de contribuições ao sistema previdenciário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.