Neymar não será indiciado por estupro após conclusão do inquérito
Neymar não será indiciado por estupro após conclusão do inquérito

A polícia decidiu não indiciar Neymar por estupro após conclusão do inquérito, nesta segunda-feira, 29, na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher em São Paulo. A polícia apurava as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila Trindade, no dia 30 de maio.

CASO NEYMAR: TUDO O QUE SE SABE SOBRE A ACUSAÇÃO DE ESTUPRO ATÉ AGORA

© Reprodução/SBT e Instagram Neymar não será indiciado por estupro após conclusão do inquérito

O inquérito foi concluído por falta de provas.

 

O Ministério Público Estadual de São Paulo (MPSP), que também acompanha o caso, ainda não se manifestou. As promotoras do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica do MPSP têm 15 dias para se manifestar.

O Ministério Público pode pedir o arquivamento do caso, inciar Neymar ou pedir novas apurações.

A polícia solicitou ao Hotel em Paris, na França, onde supostamente teria ocorrido o estupro, as imagens da câmera de segurança.

O inquérito, que começou 31 de maio, foi prorrogado durante o mês de julho para obtenção das imagens .

O Ministério Público pediu as cópias dos inquéritos de extorsão, do suposto furto no apartamento de Najila e da divulgação de imagens íntimas da mulher, em apuração no Rio.

A delegada Juliana Lopes Bussacos, responsável pelo caso, vai conceder uma coletiva de imprensa no Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap), às 11h desta terça-feira, para falar sobre o caso.

Facebook Plugins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.