Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos Destaque Gru Guarulhos “Me sinto completa”, diz Fran Corrêa sobre cinema na praça
"Me sinto completa", diz Fran Corrêa sobre cinema na praça

“Me sinto completa”, diz Fran Corrêa sobre cinema na praça

"Me sinto completa", diz Fran Corrêa sobre cinema na praça
“Me sinto completa”, diz Fran Corrêa sobre cinema na praça
10:04:10
Por Robson Moreira
Edição: Guilherme Conde
Foto Jennifer  Neres Cruz e Camilla Sedrez
 
Em conversa com a Gazeta News de Guarulhos, a empresária Fran Corrêa, responsável pelo sucesso do projeto “Cine na Praça em Guarulhos”, que ocorreu no último sábado (17/08), afirmou que “se sentiu completa em poder ajudar”.
 
Confira:
 
Gazeta News de Guarulhos – Fran Corrêa, o que te levou a trazer esse projeto para Guarulhos?
 
Fran Corrêa – Eu, como guarulhense, nascida e criada aqui, ando pelos bairros, converso com as pessoas, e isso faz que nos tornamos sensíveis. Esse projeto veio ao pedido de muitas pessoas que, na minha caminhada, percebo que querem algo a mais nos finais de semana, que tenha lazer, cultura e esporte. Claro que outras áreas são importantes, como saúde, educação e transporte, toda a cidade tem essa necessidade, mas a cultura, é sim importante. Olha só essas crianças que estão aqui, os pais e familiares, o sorriso no rosto de todos, isso que é importante, me dá total empolgação para continuar nesta caminhada firme e forte!
 
GNG – Ao ver o bom andamento do projeto, com a praça cheia, todos os lugares ocupados, como se sente?
 
FC – Feliz, feliz, eu acho que o ser humano fica mais completo quando pode estender as mãos para quem precisa, e quando vejo a felicidades das pessoas aqui, me sinto completa.
 
GNG – Como empresária, o que acha que precisa para melhor a inclusão social em Guarulhos?
 
FC – Dois pontos básicos, é a parceria entre os governos estadual e federal e a prefeitura dar ênfase aos projetos sociais. Agora, tem o setor privado, e como empresária, busco parcerias com outros amigos empresários, por exemplo, para esse projeto, meus amigos trouxeram cama elástica, algodão doce, pipoca, enfim, com esse tipo de parceria facilita a inclusão. Eles colaboram comigo e eu vou continuar fazendo isso, sempre que eu puder para a minha cidade.