//Na Feira do Empreendedor, a Gazeta News de Guarulhos conversou com as empreendedoras Luciane Passione, Edileuza Pereira e Roseli Siqueira, de Itapeva, interior de São Paulo.
Na Feira do Empreendedor, a Gazeta News de Guarulhos conversou com as empreendedoras Luciane Passione, Edileuza Pereira e Roseli Siqueira, de Itapeva, interior de São Paulo.

Na Feira do Empreendedor, a Gazeta News de Guarulhos conversou com as empreendedoras Luciane Passione, Edileuza Pereira e Roseli Siqueira, de Itapeva, interior de São Paulo.

Por Guilherme Conde, Camilla Sedrez e Letícia Oliveira
09:46:33
Na Feira do Empreendedor, a Gazeta News de Guarulhos conversou com as empreendedoras Luciane Passione, Edileuza Pereira e Roseli Siqueira, de Itapeva, interior de São Paulo.
Na Feira do Empreendedor, a Gazeta News de Guarulhos conversou com as empreendedoras Luciane Passione, Edileuza Pereira e Roseli Siqueira, de Itapeva, interior de São Paulo.
Veja o que elas acharam da Feira, e o que tem a dizer:
Gazeta News de Guarulhos: Vocês já possuem algum negócio ou pretendem abrir um negócio?

Luciane Passione: Sou representante comercial de cosméticos.

Roseli Siqueira: Tenho um trailer de lanche.
Edileuza Pereira: Tenho um emprego, mas estou me preparando.

GNG: Como é ser empreendedor no Brasil?

Luciane Passione: É desafiador, porque você é engolido pelos grandes, por quem já tem estrutura, não é fácil. Temos que inovar e ter criatividade. Por exemplo, ela que vende lanche, ela tem que ser a melhor para poder se destacar, porque o vizinho faz melhor.

GNG: Qual é esse tempero para se destacar entre os outros?

Roseli Siqueira: Inovar, buscar coisas novas e confiar em Deus.

GNG: O que é inovar?

Roseli Siqueira: Sair da zona de conforto.

GNG: Para você, que está a se preparar, como é para você essa transição entre ter uma ocupação e ter um empreendimento?

Edileuza Pereira:  É um sonho de todo brasileiro ter um próprio negócio, mas tem que correr atrás. Tem que estudar bastante, depois de tudo o que vi, penso que preciso “sair da caixa”.

Luciane Passione: Nós moramos em uma cidade do interior, pensamos desse tamanho (faz o sinal de pequeno com as mãos), e encontra uma feira desse tamanho, e você pensa: “dá pra fazer diferente”!

GNG: Vocês são de onde?

Luciane Passione: Itupeva

GNG: E, o que vocês vão levar dessa feira para Itupeva?

Luciane Passione: Conhecimento, novas possibilidades. Sou representante comercial, eu represento uma marca, e meu marido representa outra marca, então já penso em novas coisas.

GNG: Vocês estão no corredor das franquias, e nos últimos anos, esse mercado está a crescer muito. Vocês acham esse tipo de negócio viável?

Luciane Passione: Já pensei em algumas coisas, é interesssante. É como disse para o meu marido, o plano de franquia é interessante, porque você pega uma estrutura já pronta, e vai trabalhar, é diferente de quem está a começar do zero.

Roseli Siqueira: Se eu não tivesse algo próprio, meu marido pensou muito em abrir uma franquia, talvez nós tivessemos trilhado esse caminho.