Guarulhos-Noticias/Gng Guarulhos-Noticias/Gng Gru Guarulhos Home GnG Gru Guarulhos Mais lida Gru Guarulhos Burger King e McDonald’s viram vilões e decepcionam na Black Friday
Burger King e McDonald’s viram vilões e decepcionam na Black Friday

Burger King e McDonald’s viram vilões e decepcionam na Black Friday

22:11:02

Na guerra dos hambúrgueres que Burger King e McDonald’s protagonizaram na Black Friday de 2019, quem perdeu foi o consumidor. As redes se digladiaram para conseguir fazer a melhor promoção. Contudo, o saldo foi um volume de reclamações muito acima de qualquer outra marca.

De acordo com o site de defesa do consumidor Reclame Aqui, o Burger King recebeu 545 reclamações nesta sexta-feira, 29. O McDonald’s, por sua vez, recebeu 491 queixas. Para comparar, o terceiro colocado na lista foi a Meliuz, agenciadora de “cashback” (quando parte do dinheiro das compras pode ser revertido para a aquisição de outros bens ou serviços), com 321 — 35% a menos que o McDonald’s e 41% a menos que o Burger King.

Em parceria com a empresa de meios de pagamentos Mercado Pago, as duas redes foram reduzindo os preços para conseguirem entregar promoções melhores do que o concorrente. Após o McDonald’s aumentar de seis para dez cheeseburgers por 20 reais e dois clássicos por 4,90 reais, o Burger King ofereceu três sanduíches por 5 reais, quando a promoção original era de seis lanches por 15 reais.

As empresas não deram conta de entregar o que prometeram. Diversas lojas de ambas as redes tiveram problemas para receber os pagamentos por instabilidade do sistema e frustraram os consumidores. A Fundação Procon de São Paulo, inclusive, notificou as empresas. As redes deverão responder a um processo administrativo e podem ser multadas.

Na avaliação do Reclame Aqui, pela primeira vez na história, redes de fast-food e meios de pagamento viraram vilões. “As parcerias feitas para atrair mais consumidores acabaram decepcionando muita gente. Com falhas no sistema, clientes não conseguiram aproveitar as ofertas de lanches oferecidas, principalmente, por meio de redes sociais”, informou, em nota.

A concorrência é um pilar da economia e responsável por forçar empreendimentos a oferecer serviços e produtos cada vez melhores. No entanto, o vale tudo que se transformou a disputa entre as duas maiores redes de fast-food no Brasil mostra que há limites. E o limite se chama direito do consumidor.