3 tendências de comportamento do consumidor para acompanhar

Cleison Dará - Analista de Marketing da Gofind
Ads

Por Redação

Quando analisamos a alta competitividade do mercado, é fácil perceber que para uma empresa fixar-se entre os grandes players da sua categoria, é necessário encontrar um algum meio de ganhar mais visibilidade e atrair consumidores.

Esta é uma habilidade comercial que deixou de ser apenas um diferencial e se tornou algo de primeira necessidade para que as empresas continuem a se destacar entre os concorrentes.

ADS

Para conseguir o tão almejado destaque, é fundamental saber quais são os fatores que influenciam o comportamento do consumidor e, a partir dessas informações valiosas, analisar o que leva o shopper a comprar um produto.

Por isso, Cleison Dará, analista de marketing da Gofind, empresa de inteligência de dados que digitaliza o estoque do varejo de forma rápida e fácil, listou as novidades e tendências sobre o comportamento do consumidor para empresas criarem novas estratégias. Confira:

1. Consumo consciente

Já faz algum tempo que o consumo consciente tornou-se uma megatendência em ascensão no mundo todo, fazendo com que consumidores optem por marcas com responsabilidade social e ambiental.

Ser uma marca preocupada com estas questões, que age e promove a responsabilidade socioambiental, traz diversos benefícios para a saúde da marca e para a comunidade. Muito mais do que aparentar ser uma empresa consciente, é preciso agir de forma coerente com o discurso, evitando maiores decepções e desgaste da imagem.

Nos próximos anos, as empresas que provarem seu compromisso com o bem-estar humano e a sustentabilidade terão mais chances de conquistar o público.

2. Valores sociais

Os novos consumidores buscam mais do que a experiência de consumo, eles buscam fortes conexões com seus valores. Ou seja, buscam consumir de marcas que compartilhem da sua visão de mundo.

Marcas que possuem produtos e serviços voltados para o consumidor LGBTQIA+, itens acessíveis para pessoas com deficiência, marcas que promovem ações sociais, programas de desenvolvimento social e empregabilidade, que facilitam a denúncia contra agressores e acolhimento às vítimas.

Estes valores intrínsecos ou trabalhados de forma consciente, agregam valor e geram fortes conexões entre marcas e consumidores.

3. Atendimento digital e humanizado

Apesar de parecerem conceitos opostos, o consumidor busca, cada vez mais, maior comodidade e fortes conexões com marcas e produtos. Desta forma, torna-se indispensável, sobretudo na realidade causada pela pandemia, oferecer um atendimento 100% digital, sem contato físico e cada vez mais cômodo para o público.

Contudo, consumidores não gostam de perder a conexão humana durante o atendimento e precisam ter a segurança de que as suas necessidades serão atendidas com empatia e compreensão. Esta é a maior e mais complexa tendência para os próximos anos, tornar a tecnologia cada vez mais automatizada e eficiente, sem perder o diferencial humano no atendimento.

Portanto, é essencial que as empresas compreendam esses novos comportamentos para adequarem a sua atuação ao novo perfil do consumidor. Assim, fica mais fácil criar novas estratégias que tragam mais resultados para o negócio.

ADS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × dois =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.