A importância de ficar em casa

A importância de ficar em casa
A importância de ficar em casa

Quarentena, isolamento (ou distanciamento) social, enfim, vários nomes que estão a ser ouvidos e falados desde a metade de março no Brasil como medidas contra a pandemia do novo coronavírus.

A importância de ficar em casa
A importância de ficar em casa

16:14:44

Por Guilherme Conde

Edição: Robson Silva Moreira 

Muitos respeitam, outros, não acreditam. Há quem defenda de todas as maneiras, como os governadores dos estados mais importantes da Federação, João Doria (São Paulo, PSDB) e Wilson Witzel (Rio de Janeiro, PSC). Do lado contrário, quem critica e questiona a eficácia dessas medidas, é nada mais, nada menos que o próprio presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido).

O presidente do Brasil é, junto com outros presidentes de países sob regimes ditatoriais, como Nicarágua e Belarus, listado como um dos piores chefes de estado do mundo, devido ser contra tais medidas, conforme editorais de importantes jornais, como o The Washington Post e The Financial Times.

O ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta, informou em março que, se a quarentena não fosse adotada, o sistema de saúde entraria em colapso em um mês. A única capital que entrou em quarentena um pouco depois das demais, já sofre com tal colapso desde o final de abril, que é o caso de Manaus. Exatamente no período como informou o ex-ministro.

Embora, há muitos movimentos que apóiam o fim de tais medidas para recuperar a economia, mas especialistas garantem que a quarentena (junto a medidas de higiene e segurança pessoal) é a alternativa mais rápida para a recuperação da sociedade e para a proteção do sistema de saúde. 

Eis a importância de se ficar em casa.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.