Benfica sofre, mas não cai em Newcastle

    Rede Gazeta News Guarulhos

     

    Benfica sofre, mas não cai em Newcastle

    Benfica está nas meias-finais da UEFA Europa League, após empatar a um golo no terreno do Newcastle. A equipa portuguesa ainda sofreu em St. James Park, depois de Papiss Cissé ter feito os ingleses acreditar que era possível dar a volta à derrota sofrida em Lisboa, mas Salvio confirmou o apuramento e as Águias vão jogar a 13.ª semifinal de uma competição europeia da sua história.

    Benfica entrou em campo como se não estivesse em vantagem (3-1) na eliminatória e, logo aos três minutos, apenas uma grande defesa de Tim Krul impediu Lima de marcar um soberbo golo de calcanhar.

    O guarda-redes holandês ficou bem pior na fotografia perto da meia hora, quando largou a bola e permitiu a Lima assistir Gaitán. O argentino rematou para a baliza, mas Haidara salvou em cima da linha decisiva.

    Seguiu-se um cabeceamento muito perigoso de Salvio, enquanto os adeptos do Newcastle até festejaram em cima do intervalo, mas o golo de Papiss Cissé foi anulado por fora-de-jogo do avançado.

    O cenário repetiu-se em absoluto aos 67 minutos, com Cissé a bater Artur Moraes em posição irregular. A precisar de dois golos para seguir em frente, o Newcastle apostava mais no ataque e conseguiu mesmo marcar.

    Aos 71 minutos, uma hesitação entre Matic e Garay permitiu a Ben Arfa recuperar a bola, com Ameobi a servir Cissé para o 1 a 0. O Benfica passou, então, por momentos muito complicados para lidar com a pressão inglesa, muito embora Gaitán tenha estado por duas vezes muito perto de resolver a eliminatória.

    Acabaria por ser Salvio, já nos descontos, a descansar os benfiquistas, com uma conclusão de primeira após uma belíssima assistência de Rodrigo. O Benfica acabou com a maldição de ser afastado por equipas inglesas nos quartos de final de competições europeias.

    Drama em Basileia
    O Basel está, pela primeira vez na sua histórias, nas meias-finais de uma prova europeia, depois de eliminar o Tottenham do português André Villas-Boas. O resultado da primeira mão (2 a 2) repetiu-se esta quinta-feira na cidade suíça e obrigou à disputa do prolongamento.

    No tempo extra, e apesar de estar a jogar com menos um jogador, os ingleses seguraram o empate e adiaram tudo para o desempate por grandes penalidades. Aí, o guarda-redes do Basel, Sommer, travou o remate de Huddlestone, enquanto Adebayor atirou por cima. Os suíços não desperdiçaram qualquer tentativa e acabaram por vencer por 4 a 1, festejando um apuramento inédito.

    Raul Meireles em frente
    Depois de ter vencido, por 2 a 0, na primeira mão, o Fenerbahçe, com Raul Meireles a titular, confirmou a presença na eliminatória seguinte, ao empatar (1 a 1) em casa da Lazio de Roma, com golos de Lulic para os italianos e Caner Erkin para os turcos.

    Chelsea não vacila
    O vencedor da UEFA Champions League de 2012 também continua na corrida por mais uma final europeia, mesmo após perder, por 3 a 2, em casa do Rubin Kazan. Depois da derrota (3 a 1) sofrida em Londres, a equipa russa viu Fernando Torres dar vantagem aos Blues bem cedo, com Marcano a empatar e Moses a fazer o 1 a 2. O Rubin Kazan ainda deu a volta ao jogo, com golos de Karadeniz e Natcho, mas no final foi o Chelsea a festejar.

    Resultados das quartas de final da Liga Europa
    Rubin KazanChelsea, 3-2 (4-5)
    LazioFenerbahçe,  1-1 (1-3)
    Basel-Tottenham, 2-2, 4-1 nos penáltis (4-4)
    Newcastle-Benfica, 1-1 (2-4)

     Deixe seu comentário

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.