Brasil faz 4 x 0 na Bolívia em 1ª vitória após volta de Felipão

    Rede Gazeta News Guarulhos

     

    O time, que jogou apenas com atletas que atuam no país, não teve dificuldades contra os bolivianos e marcou gols com Leandro Damião e Neymar (dois), em campo apenas no primeiro tempo. Nos acréscimos, o atacante Leandro fez o quarto.

    Foi a primeira vitória do treinador campeão mundial de 2002 desde seu retorno à equipe brasileira, no fim do ano passado. Até então, o Brasil tinha feito três partidas, com derrota para a Inglaterra, em fevereiro, e empates com Itália e Rússia, em março.

    ” O time se comportou muito bem”, resumiu o atacante Neymar. O Brasil abriu o placar logo aos 4 minutos. Após jogada iniciada por Ronaldinho, Jean, que atuou de lateral-direito, recebeu passe do meia Jadson pela direita e cruzou para Leandro Damião empurrar para as redes.

    A partida seguiu aberta, e a seleção brasileira teve várias chances de ampliar, incluindo uma bola na trave de Neymar e um chute de Ronaldinho Gaúcho que passou perto.

    Aos 31 minutos, logo depois de ter um gol anulado, o Brasil fez seu segundo gol, com Neymar, que tocou por cobertura. O atacante do Santos fez mais um ao completar de primeira, de perna esquerda, cruzamento de Jadson.

    Já a Bolívia pouco ameaçou o gol defendido por Jefferson.

    No segundo tempo, Felipão colocou Alexandre Pato e Osvaldo nos lugares de Leandro Damião e Neymar.

    “É um jogo para dar oportunidade a alguns jogadores….eu não tenho o time completo ainda”, disse Felipão, que tenta acertar a equipe para a disputa da Copa das Confederações, em junho.

    Com as mudanças, o Brasil diminuiu o ritmo na segunda etapa e quase tomou gol de Marcelo Moreno, uma vez de cabeça e outra num chute, mas ambas foram para fora.

    Aos 32 minutos, Ronaldinho deu lugar ao atacante Leandro, e 10 minutos depois o zagueiro Dória substituiu Dedé. Nos acréscimos, Leandro fechou o marcador após boa troca de passes no ataque.

    O amistoso deste sábado foi disputado em homenagem ao jovem torcedor boliviano Kevin Espada, de 14 anos, morto durante partida da Copa Libertadores entre o San José e o Corinthians, em fevereiro, após ser atingido por um sinalizador disparado pela torcida do time paulista.

    Antes da partida, os jogadores entraram com uma faixa com a frase “Um jogo pela paz e a amizade nos estádios” e foi observado um minuto de silêncio. Parte da renda deverá ser destinada à família do jovem torcedor.

    A próxima partida do Brasil será contra o Chile, no dia 24 de abril, no Mineirão, em Belo Horizonte. Em maio, o treinador faz a convocação para a Copa das Confederações. (Por Tatiana Ramil, em São Paulo)

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.