Câmara aprova projeto que proíbe bicicletas em pista de caminhada

Câmara aprova projeto que proíbe bicicletas em pista de caminhada
Câmara aprova projeto que proíbe bicicletas em pista de caminhada
Ads

20:40:46

Medida vale para o Bosque Maia e foi apresentada pelo vereador Dr. Laércio Sandes

Na Sessão Extraordinária da Câmara de Guarulhos de 25 de agosto, a Câmara aprovou em segundo turno o projeto de lei que proíbe a circulação de bicicletas na pista de caminhada do Bosque Maia. Foram 25 votos favoráveis, seis contrários e uma abstenção. O debate sobre o assunto iniciou no encaminhamento da votação. A vereadora Janete Rocha Pietá, do PT, se manifestou contra o projeto : “Nós não podemos só proibir, mas também dar alternativas para esse modal”, disse.

O autor da proposta, vereador Dr. Laércio Sandes, do Democratas, explicou o motivo da proibição: “O projeto trata especificamente da pista de caminhada dentro do Bosque Maia, que por volta dos finais de semana, dez horas da manhã, sequer os pedestres conseguem fazer caminhada ou algo dessa natureza porque o fluxo de guarulhenses que ali transitam é muito grande. O risco é extremamente alto para o interesse da coletividade, dividir o mesmo espaço com os ciclistas”.

O vereador Edmilson, do PSOL, se manifestou favoravelmente ao projeto: “Lá é uma área de caminhada, e também para quem quer imprimir uma velocidade maior, um treinamento; um exercício físico, um acompanhamento por profissional especializado, há um espaço lateral para fazer tudo isso também. Não consigo imaginar um espaço tão pequeno com bicicleta passando o tempo inteiro”.

O vereador Marcelo Seminaldo, do PT, defendeu a proposta e comunicou a apresentação de um projeto de Lei com proibição semelhante no Lago da Vila Galvão: “Hoje protocolei um PL estendendo essa ideia para as pessoas que fazem pedalam no Lago dos Patos. Como disse Edmilson, não se trata de ser contra ou a favor, é disciplinar a situação”.

Lamé, do MDB, e Jorginho Mota, do PTC, declararam apoio ao projeto: “Eu já tive amigos que usam bicicleta na avenida Francisco Conde, no Lago dos Patos, e ali, as pessoas não conseguem andar de bicicleta, de tanta gente utilizando aquele espaço para caminhar. Isso demonstra a necessidade de a Prefeitura se preocupar com os espaços públicos para que sejam utilizados para esporte e lazer”.

ADS

O debate levou à mudança de opinião do vereador Wellington Bezerra, do PTC: “Na primeira discussão, eu não votei favorável, mas mudei de opinião. Os riscos, principalmente para os idosos que caminham no Bosque Maia, com o trânsito de bicicleta, são muito altos. Eu apresentei essa solicitação ao Executivo para que crie uma pista de ciclismo na avenida Venturosa, cortando também para a avenida Berinepe, toda a extensão do Jardim Cumbica”, acrescentou.

Antes de colocar o projeto em votação, o presidente da Câmara, Martello, do PDT, declarou apoio à proposta: “Cada macaco no seu galho, bicicleta na ciclovia e cidadão e cidadã na pista de caminhada! Em São Paulo ocorre a mistura, no Parque do Povo, e eu vejo sempre bicicleta atropelando gente”.

Agora o projeto será enviado para análise do prefeito, que pode vetar ou sancionar a proposta.

ADS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois + vinte =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.