//Casal se casa antes que o coronavírus possa detê-los
Casal se casa antes que o coronavírus possa detê-los

Casal se casa antes que o coronavírus possa detê-los

Share this:

Desde a cerimônia, o casal recebeu centenas de mensagens de apoio

22:26:29

A pandemia de coronavírus fechou sinagogas, lojas e restaurantes e obrigou muitos a ficar em casa.

Mas isso não impediu Denise, 60, e David Lester, 65, de se casarem na Sinagoga Woodside Park United na tarde de quinta-feira.

O casal Welwyn, que deveria se casar na frente de 120 convidados em junho, antecipou a cerimônia, para que os pais idosos da noiva, Hazel, 84, e Eddie Leigh, 87, pudessem estar com eles em seu grande dia.

A cerimônia de quinta-feira foi organizada em apenas três dias, com a ajuda da Sinagoga Unida, em meio a novas medidas de distanciamento social que protegem os mais de 70 e adultos vulneráveis.

Desde a cerimônia, o casal recebeu centenas de mensagens de apoio.

“É uma história romântica em que um casamento foi cancelado, mas remarcado em um prazo muito curto, com todos trabalhando juntos para fornecer algo positivo no meio da escuridão”, disse Lester.

A cerimônia oficiada pelo rabino Alex Chapper foi transmitida ao vivo para familiares e amigos em Israel, Dubai e Reino Unido. Cerca de 25 convidados estavam espalhados pelo salão de shul, numa tentativa de praticar o distanciamento social.

“Havia muito amor na sala, e todo mundo queria ajudar a acontecer”, disse Lester. “O atendimento foi escasso, mas com tanta esperança e boa vontade foi simplesmente maravilhoso.”

Até o noivo pisar no copo, o casal se esforçou para acreditar que a cerimônia iria adiante, disse ela. “Vamos levar a memória conosco e com as pessoas que estavam lá ou assistindo, e até mesmo as pessoas que ouviram falar sobre isso vão dizer o quão grande é que, no meio do caos, havia algo tão especial.”

O casal ainda não cancelou sua lua de mel na Sardenha, na Itália, marcada para o verão, mas espera fazê-lo em breve.