Corinthians aplica maior goleada da história da Libertadores Feminina

Corinthians aplica maior goleada da história da Libertadores Feminina
Corinthians aplica maior goleada da história da Libertadores Feminina

Rede Gazeta News Guarulhos

 

Timão faz 16 a 0 no El Nacional. Avaí/Kindermann também vence fácil

20:40:13

Atual campeão da Libertadores Feminina, o Corinthians estreou na edição de 2020, disputada na Argentina, aplicando a maior goleada da história da competição. Nesta sexta-feira (5), o Timão bateu o El Nacional (Equador) por 16 a 0 no estádio Nuevo Francisco Urbano, em Morón, pelo Grupo A.

Em crise financeira, o clube equatoriano perdeu todas as jogadoras do elenco campeão nacional e foi para a Libertadores com um grupo formado basicamente por atletas da base. Com três minutos, o Timão evidenciou a superioridade ao abrir o placar com Vic Albuquerque. Aos nove, a também atacante Giovana Crivelari ampliou, após uma cobrança de escanteio na pequena área. Quatro minutos depois, a zagueira Pardal, de cabeça, marcou o terceiro. As alvinegras seguiram pressionando e chegaram ao quarto aos 19 minutos: um golaço de voleio de Crivelari.

No segundo tempo, na sequência de boa jogada individual da atacante Gabi Portilho pela direita, a bola sobrou para Vic Albuquerque fazer o quinto das alvinegras, de cabeça. Aos 12, a lateral Tamires tabelou na entrada da área pela esquerda e marcou o sexto. O sétimo saiu aos 15, em cabeçada da zagueira Poliana na pequena área. Dois minutos depois, a meia Gabi Zanotti completou cruzamento rasteiro da direita e assinalou o oitavo.

Corinthians
Vic Albuquerque marcou três gols pelo Corinthians – Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/Direitos Reservados

Aos 24 minutos, Gabi Nunes cobrou falta no ângulo e balançou as redes. A atacante, de cabeça, também guardou o décimo gol aos 29. E o 11º, aos 34. No minuto seguinte, a atacante Adriana finalizou da entrada da área e marcou o 12º das corintianas. Aos 38 e aos 39 minutos, a atacante Grazi deu sequência ao massacre. Vic Albuquerque fez o 15º aos 42 minutos. E Grazi fechou a conta aos 45 minutos.

O Corinthians volta a jogar na segunda-feira (8), novamente às 17h e em Morón, contra o Universitário (Peru). O El Nacional tentará a reabilitação no mesmo dia e local, às 19h30, contra o América de Cali (Colômbia).

Avaí/Kindermann também goleia

O Avaí/Kindermann também estreou com goleada na Libertadores. As catarinenses massacraram o Deportivo Trópico (Bolívia) por 8 a 0 no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires, na abertura do Grupo B. A atacante Lelê, eleita para a seleção da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino de 2020, foi a protagonista, com quatro gols.

Kindermann
Avaí Kindermann comemora goleada. – Andrielli Zambonim / Avaí Kindermann

A camisa 17 colocou as catarinenses à frente aos seis minutos. Após chute de Paty na trave, a também meia Gaby Soares ficou com a sobra e rolou para a atacante finalizar. Aos 27 minutos, Lelê girou na área e ampliou. Três minutos depois, a defesa boliviana falhou na linha de impedimento e a lateral Camila, livre, fez o terceiro. Aos 33 minutos, a atacante Larissa, de cabeça, aumentou a vantagem. Já aos 38, Gaby Soares cobrou falta na área, Lelê recebeu nas costas da zaga, e fuzilou para marcar o terceiro dela na partida.

No segundo tempo, as Caçadoras diminuíram o ritmo, mas seguiram pressionando e balançaram as redes mais três vezes. Aos 29 minutos, após bonita jogada individual da atacante Vilma, Larissa fez o sexto. Aos 41, a própria Vilma, um dos reforços contratados para 2021, assinalou o sétimo, batendo de fora da área. O oitavo saiu dos pés de Lelê, nos acréscimos.

As catarinenses têm novo compromisso na segunda-feira, outra vez às 17h, contra o Santiago Morning (Chile), novamente no estádio José Amalfitani. No mesmo estádio e dia, o Trópico encara o Boca Juniors (Argentina) às 19h30.

Edição: Carol Jardim

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.