‘Dia da Mulher na Ciência’: STEM Brasil incentiva formação de mulheres cientistas

‘Dia da Mulher na Ciência’: STEM Brasil incentiva formação de mulheres cientistas
‘Dia da Mulher na Ciência’: STEM Brasil incentiva formação de mulheres cientistas
Ads

Programa já formou mais de 6 mil professoras; pesquisas mostram maior
participação feminina na ciência, mas desigualdade ainda é barreira

‘Dia da Mulher na Ciência’: STEM Brasil incentiva formação de mulheres cientistas
‘Dia da Mulher na Ciência’: STEM Brasil incentiva formação de mulheres cientistas

21:25:49

Fevereiro, 2021 – No Centro de Excelência Professor Hamilton Alves Rocha,
em São Cristóvão (SE), a professora de química Patrícia Fernanda Andrade é
umas das responsáveis por desenvolver um projeto de iniciação científica que
tem gerado resultados, como prêmios em feiras de ciências e investimento
externo. Experimentos, como o de extração de óleo da semente da moringa,
garantiram, por exemplo, bolsa em universidade privada para três de suas
alunas. Iniciativas como a desta educadora, que recebeu formação do STEM
Brasil, desenvolvido pela ONG Educando by Worldfund, contribuem para que,
cada vez mais, as mulheres façam ciência no país e recebam os méritos,
principalmente nesta quinta-feira (11/02), quando é celebrado o “Dia
Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência”.
Dos cerca de 9 mil educadores capacitados pelo STEM Brasil desde 2009,
mais de 6 mil eram professoras. Uma pesquisa da editora científica Elsevier

aponta que, em 20 anos, a presença feminina passou de 35% para 44% entre
os pesquisadores brasileiros que publicam estudos. Porém, apesar do avanço
nas últimas décadas, a disparidade de gênero ainda é patente. Segundo
levantamento da Unesco, menos de 30% dos pesquisadores no mundo são
mulheres. No Prêmio Nobel, menos de 4% dos laureados na área foram
mulheres.
O Índice Anual do Estado da Ciência (State of Science Index – SOSI),
elaborado pela 3M e divulgado em outubro, mostrou que a falta de equidade
nas carreiras de STEM (sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia
e Matemática) e a desigualdade de gênero e raça são barreiras que impactam
o futuro.
No Brasil, iniciativas como o STEM Brasil trabalham para transformar esta
realidade. O STEM Brasil é um programa de qualificação de professores da
rede pública criado em 2009 e que já capacitou mais de 9 mil professores,
sendo a maioria mulheres. “É uma satisfação enorme para a Educando
contribuir para superar essas barreiras e reduzir as disparidades de gêneros.
Do total de professores que já capacitamos, 62% são mulheres”, afirma Kelly
Maurice, diretora executiva da Educando.
O STEM Brasil oferece aos docentes formação exclusiva, seguindo uma
metodologia própria, que enfatiza a “mão na massa” para dar vida ao currículo
obrigatório de ciências e matemática dos estados brasileiros. As técnicas de
ensino são baseadas em atividades práticas e facilitam o aprendizado de
conceitos teóricos. A metodologia incorpora, ainda, as habilidades do século
XXI necessárias ao mundo do trabalho, como resolução de problemas, trabalho
em equipe, pensamento crítico e comunicação.
Formada pelo STEM Brasil, Patrícia Andrade destaca que é papel do professor
trazer a proximidade da ciência e do cotidiano dos alunos. A partir de um
problema social próximo da realidade do aluno, explica, é desenvolvido o
trabalho, permitindo que o estudante desenvolva o pensamento crítico e
criativo, além de aprender a solucionar os problemas que vão aparecendo.
“Não é só conteúdo. Os alunos precisam desenvolver habilidades, e o STEM
Brasil mostra exatamente o tipo de habilidade que será trabalhada em cada
atividade”.
Marcos Paim, diretor do STEM Brasil, afirma que o interesse dos alunos por
uma carreira na área científica cresce conforme eles conseguem enxergar a

importância daquilo que estão estudando e da ciência no dia a dia. Paim
ressalta que, mais do que incentivar o aluno a seguir uma carreira na área de
ciências, esse tipo de educação permite trabalhar o aluno para desenvolver
habilidades, como solução de problemas e criatividade, cada vez mais
valorizadas por empresas.
Sobre o STEM Brasil
O STEM Brasil começou em Pernambuco, em 2009, e já formou ou está
formando um total de 8.909 professores em 1.096 escolas de 21 estados
brasileiros, alcançando um impacto positivo em mais de 742 mil alunos. O
sucesso levou o programa a ser adaptado para o currículo mexicano, e o
STEM en México iniciou a formação de professores no país em 2018. Segundo
levantamento da consultoria internacional ManpowerGroup, engenheiros e
profissionais de TI são cargos em que há grande carência de mão de obra em
ambos os países.
O programa oferece aos professores formação exclusiva, seguindo uma
metodologia própria, que enfatiza a mão na massa para dar vida ao currículo
obrigatório de ciências e matemática dos estados brasileiros. As técnicas de
ensino são baseadas em atividades práticas e facilitam o aprendizado de
conceitos teóricos. A formação envolve quatro áreas: física, química, biologia e
matemática. Cada professor passa por 180 horas de formação distribuídas ao
longo de dois anos. “O objetivo do STEM Brasil é incentivar o professor a
despertar a sua paixão nos alunos”, afirma Kelly Maurice, diretora executiva da
Educando.
Sobre a Educando
Inspirando Professores > Criando Líderes > Transformando Vidas
Fundada em Nova York em 2002 como World Development and Education
Fund (Educando by Worldfund), a organização não-governamental passou a se
chamar Educando em junho de 2018. Desde o início, trabalha em parceria com
governos locais para trazer investimentos de empresas privadas para projetos
educacionais na América Latina. Em 18 anos, a instituição já capacitou
aproximadamente 16.093 educadores de 11.914 escolas no Brasil e no México,
com impacto a cerca de 6,3 milhões de estudantes.
Redes Sociais
Facebook: EducandobyWorldfundBR
Twitter: @educando_br
Instagram: educando_br

ADS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze − nove =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.