EUA ameaça bloquear de China Telecom no mercado americano

EUA ameaça bloquear de China Telecom no mercado americano
EUA ameaça bloquear de China Telecom no mercado americano
EUA ameaça bloquear de China Telecom no mercado americano
EUA ameaça bloquear de China Telecom no mercado americano

EUA ameaça bloquear de China Telecom no mercado americano21:44:34

Os Estados Unidos ameaçaram impedir que a China Telecom, controlada por Pequim, atendesse ao mercado norte-americano por causa de riscos legais e de segurança, anunciou o Departamento de Justiça nesta quinta-feira.

Uma recomendação dos principais departamentos do governo, incluindo Defesa, Estado e Segurança Interna, indicou que a Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) deve “revogar e encerrar” todas as autorizações da subsidiária da gigante chinesa nos EUA, China Telecom (Américas), para fornecer serviços internacionais de telecomunicações para e dos Estados Unidos.

“As agências do Poder Executivo identificaram riscos substanciais e inaceitáveis de segurança nacional e aplicação da lei associados às operações da China Telecom, que tornam as autorizações da FCC inconsistentes com o interesse público”, afirmou o Departamento de Justiça em comunicado.

Se aprovada, a mudança pode significar que as centenas de milhões de clientes de telefonia e internet da China Telecom – a segunda maior operadora de telefonia móvel da China – podem perder a conectividade com ou dos Estados Unidos.

As agências que fizeram a recomendação – incluindo o Departamento de Justiça, o Departamento de Comércio e o Representante Comercial dos EUA – disseram que a China Telecom é vulnerável à “exploração, influência e controle” do governo chinês.

As agências também fizeram a recomendação com base na “natureza das operações da China Telecom nos EUA”, que disseram permitir aos atores do governo chinês “se envolver em atividades cibernéticas maliciosas, permitindo espionagem econômica, interrupção e violação das comunicações americanas”.

A recomendação deve ser decidida pela FCC, mas provavelmente envolverá a Casa Branca, e poderá ser ponderada em meio a negociações comerciais em andamento com Pequim.

A recomendação é feita apenas cinco dias após de o governo do presidente Donald Trump formar um órgão interdepartamental para revisar formalmente as preocupações de segurança nacional relacionadas às empresas estrangeiras de telecomunicações envolvidas nos Estados Unidos.

As autoridades de segurança nacional dos EUA têm demonstrado crescente preocupação com as empresas e tecnologias de telecomunicações chinesas.

Washington proibiu a Huawei, maior fornecedora mundial de equipamentos de telecomunicações e líder na nova tecnologia 5G, de fornecer sistemas governamentais dos EUA e desencorajou fortemente o uso de seus equipamentos pelo setor privado dos EUA.

A inteligência dos EUA acredita que os equipamentos da Huawei podem ser comprometidos pela inteligência chinesa, e Washington pressionou os aliados a encontrarem outros fornecedores.

O Departamento de Justiça dos EUA também emitiu acusações contra vários chineses acusados de participar de operações de hackers e roubo de sigilos comerciais sob os auspícios do governo chinês.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.