Expectativas de 2022 para a Economia e Mercado Financeiro

Expectativa para 2022 para a economia e investimentos
As águas continuam turbulentas, será preciso saber surfar
Ads

Por Redação

O ano de 2022 promete um mar com águas turbulentas no quesito economia e mercado financeiro. A volatilidade vista em 2021 deve permanecer no ano que se aproxima e os motivos já são conhecidos: o rombo fiscal, já “acertado e anunciado” e as eleições presidenciais, já com seus “arranjos e personagens“ em evidência.

O orçamento para 2022 está fechado com a PEC dos Precatórios para os gastos do ano que vem. O mercado financeiro já precificou considerando uma permanência do atual presidente. Mas, o que o mercado deseja mesmo é um equilíbrio, é que surja uma terceira via, que ocorra um segundo turno nas eleições”, explicou Rodolfo Manfredini, assessor de investimentos da Plátano Investimentos.

ADS

Ainda temos muito chão para percorrer até as eleições. E até lá as projeções apontadas pelos especialistas são:

Economia
A desaceleração do crescimento continua e o Brasil permanece com uma dívida elevada, 83% do PIB. A inflação deverá girar entre 5% e 6% e a taxa de juros Selic chegando entre 11% e 12%.

PIB
Antes, a XP acreditava que o PIB pudesse ficar entre 1% e 1,5%. No momento, o PIB está sendo revisado para baixo, com estimativas de que o seu crescimento fique em 0,5%.

“Tudo indica que a economia brasileira andará de lado. Globalmente falando, a situação é melhor mesmo com o surgimento da nova variante Ômicron, pois percebeu-se que com a vacinação em massa a nova cepa não será tão ameaçadora. Tudo indica que a reabertura econômica seguirá e com chances de realinhar a cadeia de suprimentos no segundo semestre. Algo que poderá refletir positivamente para o Brasil, uma vez que o país é um grande exportador de commodities”, comentou o assessor da Plátano.

Mercado Financeiro
A Bolsa Brasileira (B3) é a única das grandes bolsas que fechará 2021 negativamente, por conta do descontrole político e fiscal do momento. A queda no início de dezembro foi em torno de 9,5% com relação ao início do ano.

Por conta disto, tivemos papéis “descontados” de muitas empresas boas com geração de caixa e boas pagadoras de dividendos. As ações dessas empresas caíram mais do que valem. A contrapartida, diante deste cenário de alta volatilidade, é que surge outro tipo de possibilidade que é a abertura de oportunidade para operações a curto prazo”, sinalizou Manfredini.

A expectativa da XP é que o preço alvo da Ibovespa seja de 123 mil pontos até o final de 2022.

Investimentos

Neste mar turbulento o mercado irá surfar com as ondas estimuladas por agentes externos e internos.

Renda Fixa:
Com a alta dos juros surgem oportunidades na Renda Fixa, para produtos da XP com prazos de 2 e 3 anos, por exemplo. Entre eles, estão o LCA e LCI com rendimentos de 12% ao ano e são produtos que não pagam imposto de renda dentro do prazo de 2 anos. O CRA e CRI de boas empresas também apresentam taxas de rendimentos interessantes.

Renda Variável:
Há espaços para ações de empresas renomadas no exterior. Entre os produtos estão os COEs, que é um investimento de renda fixa atrelado a bolsa, e os BDRs, que são ações de empresas de economia tradicional, que vão se beneficiar mais com a normalização das cadeias de suprimentos globais, que foram muito abaladas pela pandemia.

Internamente também há oportunidades na Renda Variável, o investidor deverá ficar atento em papéis “descontados” de algumas empresas.

Para 2022 a sugestão é a diversificação. Sempre diversificar dentro de cada categoria. Na Renda Fixa, por exemplo, é verificar as possibilidades no pré-fixado, no pós-fixado, em investimentos atrelados à inflação, em investimentos nos fundos multimercados e em fundos internacionais. Para a Renda Variável fazer a diversificação de setores e empresas”, declarou o especialista da Plátano.

ADS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

dez + onze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.