FMI, coronavírus requer resposta como se fosse uma guerra

FMI, coronavírus requer resposta como se fosse uma guerra
FMI, coronavírus requer resposta como se fosse uma guerra

Rede Gazeta News Guarulhos

 

Para especialistas do FMI, coronavírus requer resposta como se fosse uma guerra

21:11

A pandemia de coronavírus é uma crise sem precedentes, de várias maneiras semelhante a uma guerra, e a resposta é um aumento no papel do setor público, afirmaram nesta quarta-feira vários economistas do Fundo Monetário Internacional (FMI).

“A pandemia do Covid-19 é uma crise como nenhuma outra. É como se fosse uma guerra e de várias maneiras. As pessoas estão morrendo”, disseram os especialistas Giovanni Dell’Ariccia, Paolo Mauro, Antonio Spilimbergo e Jeromin Zettelmeyer em um relatório.

Os funcionários da entidade multilateral apontaram que, nos casos de guerra, gastos maciços em armas estimulam a atividade econômica e asseguram serviços essenciais.

“Nesta crise, as coisas são mais complicadas, mas a característica comum é a necessidade de um maior papel para o setor público”, indicaram.

Para os autores do estudo, a epidemia em sua fase mais intensa deve durar pelo menos um ou dois trimestres, em um momento em que existem quase 50.000 mortes no mundo e as medidas para impedir a disseminação causaram uma desaceleração econômica geral.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, comparou a crise como a mais desafiadora “desde a Segunda Guerra Mundial”.

Para os economistas, o “sucesso” do ritmo da recuperação dependerá significativamente das políticas adotadas durante a crise.

Na terça-feira, o Fundo informou que pactuou com seus países-membros em renovar os contratos de empréstimo, o que garante à entidade sua capacidade creditícia diante da pandemia.

Na semana passada, a diretora-administrativa do FMI, Kristalina Georgieva, observou que a economia global já entrou em recessão devido à parada súbita de atividade causada pela pandemia, que levou a mais de 80 países, a maioria baixa renda, a pedir empréstimos de emergência.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.