//Guarulhos registra 47,3% menos casos de dengue neste ano
Guarulhos registra 47,3% menos casos de dengue neste ano

Guarulhos registra 47,3% menos casos de dengue neste ano

Share this:

Guarulhos registra 47,3% menos casos de dengue neste ano

Embora a maior preocupação neste momento seja em relação ao combate ao coronavírus, é preciso não descuidar do Aedes aegypti. Em Guarulhos, a Secretaria de Saúde confirmou 163 casos de dengue no período de 1º de janeiro até esta quinta-feira (19). A região Cantareira é a que concentra mais casos (57), seguida de Pimentas (39), São João (32) e Centro (31).

17:05:13

Guarulhos registra 47,3% menos casos de dengue neste ano
Guarulhos registra 47,3% menos casos de dengue neste ano

A Secretaria de Saúde aproveita o momento e recomenda às pessoas que eliminem os possíveis criadouros ao menos uma vez por semana. Embora em comparação ao mesmo período do ano passado os números de notificados tenham reduzido 16,3%, e os de casos confirmados 47,3%, o combate não pode parar. Todos devem fazer a sua parte e cuidar do quintal.

Os maiores casos e epidemias transmitidas pelo mosquito ocorrem no período das chuvas, de outubro a março, em razão das condições ambientais estarem mais propícias ao desenvolvimento dos ovos. Deste modo, a campanha de combate ao Aedes aegypti lançada pela Prefeitura de Guarulhos traz informações do ciclo de vida do mosquito, para deixar evidente o porquê de eliminar os criadouros.

Depósito de água não ligado à rede (​tonéis, caixas e barris de água), prato de plantas, vaso de plantas com água, recipientes de consumo animal e ralos externos são os criadouros retratados nas peças acompanhados do slogan “Você já sabe como combater o Aedes aegypti. É hora de agir!”.

Os materiais, disponíveis no link www.guarulhos.sp.gov.br/article/juntos-contra-o-mosquito, reforçam o fato de que basta eliminar o criadouro para que não haja mosquito e nenhuma das doenças transmitidas por ele: “Sem criadouro, sem mosquito! Sem dengue, chikungunya e zika”.