Haddad chama Bolsonaro de ‘genocida’ e desafia: ‘Por que não manda a PF aqui?’

Haddad chama Bolsonaro de ‘genocida’ e desafia: ‘Por que não manda a PF aqui?’
Haddad chama Bolsonaro de ‘genocida’ e desafia: ‘Por que não manda a PF aqui?’

Rede Gazeta News Guarulhos

 

10:39:04

O ex-prefeito de São Paulo e candidato do PT nas eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad, chamou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “genocida” e saiu em defesa do youtuber e empresário Felipe Netointimado pela Polícia Federal a depor, com base na Lei de Segurança Nacional e no Código Penal, por ter usado o mesmo termo para falar do presidente. As informações são do UOL.

IstoÉ

Em entrevista ao vivo ao canal TVT, junto com o ex-prefeito de Porto Alegre Tarso Genro e com o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, Haddad disse que Bolsonaro “não tem coluna vertebral”, e desafiou o presidente a mandar a PF até ele, que já o chamou de genocida “mil vezes”.

“Hoje, o [governador de São Paulo] João Doria (PSDB) chamou Bolsonaro de genocida. Processa o Doria, pô. Seja homem. O Bolsonaro não tem coluna vertebral. Ele manda a Polícia Federal na casa do menino bem-sucedido, de um youtuber [Felipe Neto]. O governador do estado o chamou de genocida. Eu o chamei mil vezes. E ele manda a PF na casa do yuoutuber? Porque não manda a polícia aqui? Vai mandar a PF na casa do menino?”, disse Haddad.

Haddad disse ainda que “Bolsonaro não tem condições morais, intelectuais e físicas de enfrentar nada” e que o considera como “um nada na presidência”.

“É uma coisa muito indigna. Eu fico me perguntando: como o país chegou a esse ponto? O nível de destruição do país será muito grande”, disse Haddad.

Felipe Neto foi intimado a depor após chamar Bolsonaro de “genocida”. Quem fez a denúncia contra o youtuber foi o vereador Carlos Bolsonaro, filho “zero dois” do presidente. Felipe responderá por “crime à segurança nacional”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.