Igreja indonésia bombardeada por supostos militantes islâmicos

Igreja indonésia bombardeada por supostos militantes islâmicos
Igreja indonésia bombardeada por supostos militantes islâmicos

Rede Gazeta News Guarulhos

 

14:59:39

Dois homens-bomba que se acredita serem membros de um grupo militante islâmico atacaram uma igreja católica na cidade indonésia de Makassar no domingo no primeiro dia da Semana Santa de Páscoa, ferindo 19 pessoas, disse a polícia. A missa estava terminando quando os agressores detonaram pelo menos um dispositivo fora da igreja. Os dois suspeitos foram as únicas vítimas fatais. O chefe de polícia Listyo Sigit Prabowo disse que ambos os homens-bomba pertenciam ao Estado Islâmico Jamaah Ansharut Daulah (JAD), que é suspeito de ataques suicidas a igrejas e a um posto policial que matou pelo menos 30 pessoas na cidade de Surabaya em 2018. Cerca de 20 supostos membros do JAD foram presos em janeiro. Acredita-se que o grupo também esteja envolvido em um ataque a bomba contra uma igreja das Filipinas em 2019, que matou mais de 20 pessoas. leia mais “Eles fazem parte desse grupo … Eles realizaram o ataque com uma bomba de panela de pressão”, disse Listyo. Em uma transmissão online, o presidente Joko Widodo condenou “este ato de terrorismo”, exortou as pessoas a manterem a calma e disse que o governo se certificaria de que pudessem adorar “sem medo”. A polícia disse que os suspeitos tentaram entrar no terreno da igreja em uma motocicleta. Imagens de câmeras de segurança mostraram uma explosão que jogou chamas, fumaça e destroços no meio da estrada. 1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.