Martello bate de frente com Romildo Santos após base do governo recusar proposta de ajuda para evitar fechamento da Proguaru

Ads
Botando a Casa em ordem!
Martello bate de frente com Romildo Santos após base do governo recusar proposta de ajuda para evitar fechamento da Proguaru
Em uma sessão tensa, na tarde desta quarta-feira (27), o presidente da Câmara, Miguel Martello (PDT), mostrou que leva a sério a presidência da Casa e que não se deixará intimidar, principalmente pelos vereadores mais experientes.
A postura ficou clara após uma forte discussão com Romildo Santos (PSD). O desentendimento começou após Romildo ser contra emenda do próprio Martello ao projeto de Lei de autoria do prefeito Guti, que cria uma Loteria Municipal em Guarulhos. Martello queria que 20% da arrecadação líquida da loteria, caso seja aprovada, fosse destinada para a Proguaru, o que evitaria o fechamento da empresa, como tem sido proposto pelo prefeito.
No entanto, Romildo e outros parlamentares da base aliada foram contra, usando o argumento de que seria inconstitucional a iniciativa do presidente da Câmara.
Mesmo após a emenda ser recusada pela maioria dos vereadores, Martello agradeceu aos poucos que o apoiaram e explicou a importância da medida caso fosse aprovada.
E foi além, Martello contestou insinuação de Romildo que estaria usando da presidência para benefícios próprios e expôs para os parlamentares e parte da população guarulhense que o vereador da base do prefeito, e que votou pela extinção da Proguaru em 2020, possui vários cargos comissionados na empresa.
Vozdeguarulhos
ADS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 + cinco =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.