Os brasileiros pelo mundo

    Rede Gazeta News Guarulhos

     

    Foi um final de semana produtivo para os jogadores brasileiros espalhados pelo mundo, com gols saindo na Itália, Portugal, Alemanha e até em países da Ásia. Mas foi mesmo a Espanha que contou com maior número de bolas na rede de atletas do país. O festival começou no sábado e terminou neste domingo, 

    Espanha: quem abriu a série foi Jonas, que manteve a ótima forma ao marcar seu oitavo gol nos últimos oito jogos pelo Valencia, chegando a 11 no total da temporada. No entanto, sua equipe perdeu terreno na briga pela quarta colocação no campeonato, já que sofreu o empate em 3 a 3 para o Espanyol no último lance do jogo. O Málaga, então, aproveitou para roubar o quinto lugar do rival ao vencer o Osasuna por 1 a 0, com gol de Júlio Baptista também no lance derradeiro da partida. No domingo, Diego Costa abriu e Filipe Luís fechou a goleada do Atlético de Madri sobre o Granada por 5 a 0, ganhando pontos na briga para se manterem na Seleção de Luiz Felipe Scolari. Os colchoneros seguem em terceiro na tabela com 65 pontos, três atrás do Real Madrid – que venceu o Athletic Bilbao por 3 a 0 – e a 16 do líder Barcelona – que superou o Zaragoza por 3 a 0.

    Alemanha: com o título confirmado com seis rodadas de antecedência, o Bayern de Munique recebeu o Nuremberg com time totalmente reserva – Dante e Luiz Gustavo não atuaram –, mas ainda assim não teve trabalho para golear por 4 a 0. Coube ao lateral Rafinha aproveitar as ausências dos titulares para marcar um dos gols, em belo chute cruzado após passe de Pizarro. O clube bávaro manteve sua impressionante campanha, com 25 vitórias e apenas uma derrota em 29 rodadas, 83 gols marcados e apenas 13 sofridos. Outro gol brasileiro na rodada foi do zagueiro Naldo, no empate do Wolfsburg com o Hoffenheim em 2 a 2 que deixou o rival em situação bastante complicada, na penúltima posição. O mesmo placar de 2 a 2, também com tento no fim, aconteceu entre Schalke 04 e Bayer Leverkusen. O meia Raffael, que fez carreira na Europa, cobrou o pênalti do empate, ajudando a equipe – que ainda contou com Michel Bastos como titular – a se manter na quarta posição.

    Rússia: contratado a peso de ouro pelo Anzhi no início do ano, o ex-corintiano Willian marcou seu primeiro gol com a camisa do novo clube na vitória por 3 a 0 sobre o Volga, fora de casa. O resultado manteve a equipe na terceira posição da tabela, atrás do Zenit e do líder CSKA Moscou, que tropeçou e perdeu terreno na briga pelo título ao empatar em 0 a 0 com Dínamo de Moscou. Vagner Love não esteve em campo.

    Ucrânia: não foi a saída do seu antigo camisa 10 justamente para o Anzhi que tirou o Shakhtar Donetsk da rota de mais um título ucraniano. A equipe segue liderando com sobras e desta vez passou pelo Zorya por 3 a 0 com mais um gol de Luiz Adriano, chegando a 69 pontos, 17 a mais que o vice-líder Metalist, que goleou fora de casa o Vorskla por 4 a 1 com gols do ex-são-paulino Marlos e do ex-palmeirense Cleiton Xavier, um dos principais artilheiros da liga.

    Itália: teve gol brasileiro em um duelo direto contra o descenso e no clássico de Gênova.Ângelo, que teve passagem pelo Corinthians, ajudou o Siena a bater o Pescara por 3 a 2 e a sair da zona de rebaixamento. Já Éder abriu para a Sampdoria e Matuzalém empatou um duelo quente, que deixou o Genoa em situação complicada na briga para não cair. Mesmo sem marcar Leandro Castán e Dodô foram titulares na vitória da Roma sobre o Torino por 2 a 1, fora, enquanto Robinho voltou a começar um jogo pelo Milan, no empate em 1 a 1 com o Napoli. Quem gostou foi a Juve, que segue com folga na ponta.

    E o que mais?
    Na Inglaterra e na França, alguns dos principais brasileiros tiveram resultados opostos.LucasThiago Silva Maxwell, titulares do Paris Saint-Germain, ajudaram o clube a vencer o Troyes e se manter firme rumo ao título. Já Philippe Coutinho Lucas Leiva não impediram o 0 a 0 do Liverpool com o Reading, assim como Júlio César também não evitou nova derrota do praticamente rebaixado Queens Park Rangers, desta vez para o Everton.

    Por fim, nos Emirados Árabes Unidos, o embalado Ricardo Oliveira fez mais dois no empate em 3 a 3 do Al Jazira com o Al Nasr.

    FIFA

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.