Pastor que chamou Bolsonaro de “frouxo” grava vídeo pedindo perdão

Pastor que chamou Bolsonaro de “frouxo” grava vídeo pedindo perdão
Pastor que chamou Bolsonaro de “frouxo” grava vídeo pedindo perdão
Ads

08:47:56

Após criticar o presidente pela nota presidencial, o pastor chorou pedindo perdão e recebeu o apoio de Magno Malta.

O pastor bolsonarista Jackson Vilar se arrependeu do seu desabafo contra o presidente da República Jair Bolsonaro.

O religioso, que foi um dos organizadores da motociata Acelera para Cristo em São Paulo, havia gravado um vídeo afirmando que o presidente tinha traído “os motociclistas e os caminheiros” e chamando o chefe do Executivo de “frouxo”, “covarde” e “louco”.

A revolta do pastor se deu após a publicação da nota presidencial na qual o chefe do Executivo sinaliza um recuo e levanta uma bandeira branca para o STF.

Após a repercussão negativa entre o núcleo evangélico bolsonarista, Jackson Vilar voltou atrás e gravou outro vídeo “chorando” e pedindo desculpas ao presidente.

ADS

Vilar disse que na hora não entendeu nada e acabou falando besteira. Ele havia criticado duramente Bolsonaro no dia 8 de setembro, um dia depois das manifestações.

O seu pedido de perdão foi compartilhado pelo ex-senador Magno Malta, fiel aliado de Bolsonaro, que marcou o presidente no post e parabenizou Jackson por se arrepender e pedir perdão.

Minha pergunta é , quem não viveu um luto no dia 8 antes de tomar conhecimento da atitude de grandeza do @jairmessiasbolsonaro em manter a paz e o equilíbrio dos poderes no país ?? Quem não teve seu momento de indignação que atire a primeira pedra ..! Parabéns pela grandeza patriota Jakson Villar !!”, escreveu Magno Malta.

Assista ao vídeo.

ADS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

17 − onze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.