Políticos reagem a ataques de Bolsonaro à imprensa

Ads

10:59:41

Personalidades da política comentaram ataques de Bolsonaro a membros da imprensa nesta segunda-feira (21). O presidente gritou com uma repórter da TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo, dizendo, inclusive, que ela deveria “calar a boca”.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), classificou a atitude como lamentável. “O ato demonstra sua intolerância e descontrole”, escreveu.

“Bolsonaro parece mais dono de milícia do que chefe de Estado dando entrevista”, comentou o deputado federal Marcelo Freixo (PSB).

Para o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, “Bolsonaro é autoritário e covarde”.

ADS

Leia também: Após ataque a jornalistas, ABI pede renúncia de Bolsonaro: “Descontrolado”

Sem citar nomes, o ex-ministro da Saúde de Bolsonaro Luiz Henrique Mandetta publicou que “é preciso ter respeito com a imprensa”.

“[Bolsonaro] está com medo da força popular das duas últimas manifestações”, opinou Chico Alencar, vereador pelo PSOL do Rio de Janeiro.

“Covardia de sempre”, disse o ex-candidato à prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL) sobre o caso.

“Bolsonaro, ninguém vai se calar”, falou a deputada federal Tabata Amaral.

Fundador do NOVO, João Amoêdo cobrou o impeachment do presidente da República: “Até quando?”

ADS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.