São Paulo encerra fase emergencial, mas comércio segue proibido

São Paulo encerra fase emergencial, mas comércio segue proibido
São Paulo encerra fase emergencial, mas comércio segue proibido

Rede Gazeta News Guarulhos

 

14:28:52

O governo de São Paulo decidiu por uma leve flexibilização das medidas restritivas. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (9) em coletiva de imprensa. Atualmente na chamada fase emergencial do Plano São Paulo, o estado vai para a fase vermelha na segunda (12). Na prática a mudança libera o funcionamento de lojas de materiais de construção e a retirada de comida diretamente nos restaurantes, que estava restrita apenas ao modo drive-thru. Escolas também poderão receber alunos presencialmente desde que autorizadas pelas prefeituras.

© Divulgação/Governo de São Paulo/Veja SP João Doria e jean gorinchteyn

 

A proibição de cultos religiosos presenciais e o fechamento do comércio não essencial continuam em vigor. O governo também mantém a recomendação de teletrabalho, o escalonamento de horários alternados para os setores de serviços, do comércio e da indústria e o toque de recolher das 20h às 5h.

 

Auxiliares do governo paulista defendem a leve flexibilização, que devem durar ao menos até o dia 18 de abril. Já parte dos membros do Centro de Contingência do Coronavírus recomendou que o estado continuasse na fase emergencial. O governo diz que a desaceleração da ocupação de leitos de UTI, que atualmente está em 89%, permite a abertura dos setores.

A fase emergencial começou em São Paulo no dia 15 de março por conta da piora do índice de novos casos, internações e mortes por Covid-19. Na quinta-feira (8), o estado chegou a 80.742 mortes provocadas pela doença, com média móvel de óbitos diários em 715.

 

Por causa da alta letalidade, o vice-governador Rodrigo Garcia já havia adiantado nesta semana de que não havia expectativa de uma abertura concreta dos serviços classificados como não essenciais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.